Notícias

Coronavírus: Governo de Goiás confirma primeira morte no estado

Este também o primeiro óbito na região Centro-Oeste

Confirmada na manhã desta quinta-feira (26), a primeira morte por coronavírus no estado de Goiás. Segundo o governador Ronaldo Caiado (DEM), a vítima é uma idosa de 66 anos que sofria de hipertensão, diabetes, doença pulmonar obstrutiva crônica e recentemente teve dengue. Ela morava em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. Este também o primeiro óbito na região Centro-Oeste. A mulher esteve em Brasília 10 dias antes de apresentar os primeiros sintomas gripais.

O caso de Covid-19 foi confirmado por exame laboratorial ontem (25). Na madrugada desta quinta-feira (26), a paciente foi transferida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (SAMU) para o Hospital de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad (HDT), em Goiânia, onde se constatou o óbito, apesar das tentativas de reanimação feitas pela equipe. A mulher apresentava comorbidades como hipertensão arterial , diabetes, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), além de histórico de dengue.

O governador Ronaldo Caiado lamentou a morte em suas redes sociais.

Segundo informações do último relatório divulgado na quinta (25), pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO)  há 35 casos de doença pelo coronavírus 2019 (Covid-19) confirmados em Goiás por critério laboratorial.

As confirmações foram registradas nos municípios de Goiânia (15), Rio Verde (6), Anápolis (3), Aparecida de Goiânia (2), Valparaíso de Goiás (2), Jataí (1), Catalão (1), Silvânia (1) e Luziânia (1). Três casos confirmados por um laboratório particular ainda aguardam a atualização do local de residência das pessoas.

 O Governo de Goiás, por meio da SES-GO, monitora sistematicamente suspeitas de novos casos de Covid-19, seguindo rigorosamente as orientações do Ministério da Saúde para a identificação de novos registros.

Com informações do G1 Goiás

Mayara Ferreira

Estagiário supervisionado pelo editor Jorge Borges

Related Articles