Aparecida de Goiânia

Profissionais da Educação participam de formação para uso de óculos de leitura para deficientes visuais

Treinamento realizado no auditório da Secretaria Municipal de Educação reuniu professores de apoio, diretores de escolas e representantes da biblioteca municipal de Aparecida

A Secretaria Municipal de Educação de Aparecida de Goiânia (Semec) por meio de sua coordenadoria de Inclusão Escolar promoveu nesta manhã, no auditório de sua sede, o curso de formação teórico e prático para uso do óculos de leitura para deficientes visuais, Orcam MyEyes para um público formado por profissionais que atuam nas escolas, cmeis, escolas de tempo integral e na Biblioteca Municipal Ursulino Tavares Leão, espaços que receberam exemplares desta tecnologia assistiva na última semana e que farão seu uso no ensino aprendizagem formal e para lazer de forma acessível à população.

O representante da fabricante do óculos, Ronilson Silva, conduziu o curso apresentando as especificações técnicas do produto e elencando as potencialidades e os públicos elegíveis para usar essa tecnologia. “Estes óculos vão atender não só pessoas cegas ou com baixa visão, mas irá auxiliar nos processos pedagógicos de ensino para quem tem dislexia, déficit de atenção, analfabetismo e baixa visão. Essa é uma tecnologia israelense que tem atualizações periódicas que visam aprimorar a experiência de quem faz seu uso, desde a identificação de uma placa de sinalização em um estacionamento até a leitura de livros em língua estrangeira”.

A coordenadora de Inclusão Escolar da Semec, Wuelta Coeles, destacou a importância da aquisição desta tecnologia para atendimento da Rede Municipal de Educação do município. “Esses óculos ampliam a autonomia das crianças cegas ou com baixa visão, eliminando intermediários entre elas e o mundo visual e real. Com eles essas crianças poderão fazer desde a identificação de objetos e cores até a leitura de livros entre outros escritos o que é um avanço em sua autonomia de aprendizagem pedagógica. Vivemos uma revolução no tangente a garantia dos direitos dos deficientes no Brasil e a aquisição deste aparelho pela Prefeitura de Aparecida se torna uma ação exemplar de cidadania neste sentido”.

A professora do Atendimento Educacional Especializado da Escola Municipal Caraíbas, Anna Cristina Silva e Souza, relatou que o óculos enviado a sua unidade, servirá para uma aluna do 6° ano do Ensino Fundamental. “Com essa tecnologia nossa aluna do 6° ano, que já é alfabetizada e conta com o auxílio de uma professora de apoio, terá a oportunidade pela primeira vez na vida de fazer a leitura de qualquer texto escrito, seja um livro, qualquer outro letreiro, de forma autônoma, uma experiência única em sua vida”.

A professora de apoio escolar do Cmei José Vicente, no American Park, Eva Rodrigues Ferreira, relatou sua experiência com o ensino infantil e contou como essa tecnologia auxiliará no processo educacional de crianças. “Temos uma criança cega de dois anos e o uso deste óculos em um primeiro momento servirá para que ela consiga identificar sozinha as professoras e colegas de turma com quem convive diariamente. Quando ela tiver 4 ou 5 anos, esse óculos servirá para identificar objetos e iniciar seu processo de alfabetização. Essa ferramenta é fundamental para estimular a autoconfiança e autonomia desta e de outras crianças que tiverem acesso a essa tecnologia”.

Representante da Biblioteca Municipal, Geraldo Teixeira Neto, aproveitou a ocasião para relembrar os horários de funcionamento e os possíveis usos do óculos que estará disponível gratuitamente para uso por qualquer cidadão no município. “Estamos à disposição da comunidade de segunda a sexta-feira, em dias úteis, das 8h ao 12h  e das 13h às 17h. Já temos pessoas interessadas em usar a tecnologia que estão nos ligando para agendar horário. Temos um amplo acervo disponível com livros das literaturas brasileira, goiana e de cordel, romance, contos e também livros didáticos que poderão ser lidos com esse óculos por quem for lá”. Os interessados em agendar um horário para uso do óculos neste espaço pode agendar no número 3545-4809.

Segundo o IBGE de 2010, no Brasil existem mais de 6 milhões de pessoas com alguma deficiência visual e dados da coordenadoria de Inclusão Escolar da Semec revelam que há 17 crianças cegas matriculadas na Rede Municipal de Ensino em 2020. Com o curso as primeiras quatro escolas e a Biblioteca Municipal, que receberam os óculos das mãos do prefeito Gustavo Mendanha e da secretária de Educação, Valéria Pettersen, na última terça-feira, já estão habilitadas para fazer o uso do Orcam MyEyes em Aparecida.

O Orcam MyEyes é um dispositivo de inteligência e visão artificial que fotografa, escaneia e informa em áudio, o que está escrito em textos de língua portuguesa, inglesa e espanhola, reconhece pessoas e produtos, identifica cores e cédulas de real, euros e dóla, além de informar por áudio também o dia e a hora em tempo real em um simples movimento de pulso.

Com informações de Felipe Fulquim

Related Articles

Close