Quarta, 21 de Abril de 2021
21 de Abril de 2021
Publicidade

Faixas de isolamento nos parques estão sendo rompidas por populares

Desde o início da pandemia do novo Coronavírus em Goiânia, a prefeitura procurou orientar a população de que a aglomeração de pessoas em locais públicos era muito propensa à disseminação do vírus. Para evitar essas aglomerações, os parques e áreas verdes onde existem academias ao ar livre e parquinhos foram isolados com fitas zebradas para que as pessoas evitassem o uso desses aparelhos públicos, diminuindo, assim, o risco de propagação do coronavírus.

Segundo o comandante da Coordenadoria de Guarda Ambiental, GCM Ilgon Pires, “foram utilizados mais de 30mil metros de fita zebrada em todos os parques para isolar os aparelhos e os parquinhos infantis e assim conscientizar as pessoas que evitem, neste momento, o uso desses espaços”.

Paralelamente à ação de isolamento desses espaços, os guardas civis ambientais vêm conversando com todas as pessoas que frequentam os parques e pedindo que não retirem essa vedação, pois é uma sinalização de utilidade pública e que deve ser respeitado, mas mesmo assim a população insiste em desobedecer.

Vale lembrar que a cidade possui 42 parques administrados pela Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA) e 17 deles têm equipamentos de ginástica, que agora estão sendo isolados segundo os decretos do Estado e do Município. A prefeitura disponibilizou um aplicativo que ajuda a população a denunciar aglomeração em parques e áreas verdes, é o ‘Prefeitura 24Horas’.

Compartilhe este post: