Quarta, 28 de Julho de 2021
28 de Julho de 2021
Publicidade

André Fortaleza: “Câmara é parceira da prefeitura, mas sem submissão”

Novo presidente do Legislativo aparecidense diz que nenhum prefeito consegue ser eficiente sem apoio dos vereadores

O presidente da Câmara Municipal de Aparecida, vereador André Fortaleza (MDB), disse em entrevista exclusiva ao Diário de Aparecida disse que a diferença da atual Legislatura com as anteriores é que ele está batalhando para criar um ambiente amistoso para que todos os vereadores tenham condições de executar um bom trabalho em todos os aspectos, e em contrapartida, prestar contas de todas as suas ações. André Fortaleza tem ciência de que o Poder Legislativo, às vezes, é mal visto pela população e pretende acabar com o estigma de que o Parlamento não oferece uma contribuição para a sociedade.

“A opinião pública costuma ser muito maldosa com o Parlamento. As pessoas não têm conhecimento dos fatos e emitem opiniões da forma que julgam ser correto. O que posso garantir é que, como presidente desta atual Legislatura, estou otimista, dentro da minha própria maneira de administrar. Respeito os mais experientes, que acumulam três, quatro mandatos, mas prego a igualdade e a união de todos para que a Casa do povo aparecidense seja nesta Legislatura a melhor da história do município”, prometeu André Fortaleza.

Em janeiro, que seria mês de recesso, o presidente lembrou que as atividades não pararam, sequer um dia. A estrutura física interna da Câmara passou por reformas, com a participação de todos os vereadores participaram, para que não houvesse surpresas na reestruturação dos gabinetes.

Referente às críticas de que a Câmara será subserviente ao prefeito Gustavo Mendanha (MDB), sem independência para trabalhar e vivendo de favores da prefeitura, André Fortaleza disse que o regime de parceria é o melhor para o município. “O Poder Executivo não tem eficiência se o Legislativo se opor”, afirmou.

“Não estou dizendo que nós vereadores devemos ser submissos. Não é isso. Mas a Câmara precisa ser parceira do prefeito. A vantagem é que, no caso de Gustavo Mendanha, não somos parceiros de um gestor mal avaliado. Gostaria que entendessem isso. E mais, eu atribuo o sucesso do prefeito e a vitória de 95,81% dele nas urnas ao apoio da Câmara Municipal de Aparecida. Somos a favor de tudo que é bom para o povo, mas exercemos nossa prerrogativa, que é de apresentar emendas, rever projetos advindos do Executivo, entre dezenas de outras obrigações”, finalizou.

Da Redação

Foto: Divulgação / Câmara Municipal

Compartilhe este post: