Quinta, 15 de Abril de 2021
15 de Abril de 2021

Ao acompanhar ex-prefeito Iris Rezende em vacinação contra Covid-19, Caiado diz que imunização de idosos com mais de 85 anos tem “importância ímpar”

Governador Ronaldo Caiado, ao lado do prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, acompanhou vacinação do ex-prefeito Iris Rezende, que recebeu a primeira dose do imunizante contra Covid-19 na Área 1 da PUC Goiás

Governador celebra início da vacinação para faixa etária que apresenta maior incidência de agravamento da doença. Iniciativa vai diminuir fluxo de pessoas em UTIs, destaca. Em Goiás, grupo corresponde a 54 mil pessoas, e todas serão contempladas com o imunizante

O governador Ronaldo Caiado acompanhou, nesta quarta-feira (10/02), a vacinação do ex-prefeito de Goiânia Iris Rezende contra a Covid-19. Aos 87 anos, ele recebeu a primeira dose do imunizante no ponto de atendimento instalado na Área 1 da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás), em Goiânia. “Vocês presenciaram a alegria, a vontade de viver das pessoas mais idosas, a emoção que toma conta de todas as pessoas na espera da chegada da vacina. Então não há nada mais gratificante na vida”, avaliou.

O início da vacinação contra a Covid-19 para pessoas com mais de 85 anos de idade que vivem fora de instituições de longa permanência foi celebrado pelo governador. “Esta fase, para mim, tem uma relevância e uma importância ímpar”, declarou.

Segundo Caiado, nesta fase da vacinação, todos os 54 mil idosos no Estado de Goiás acima de 85 anos de idade serão contemplados. “É a incidência com maior exigência de leitos de UTI [Unidade de Terapia Intensiva] e com maior percentual de letalidade. Então já é um trabalho para diminuir o fluxo de pessoas nas UTIs com agravamento do quadro clínico”, destacou.

Segundo o governador, a destinação dos imunizantes para esta faixa etária resulta de uma série de tratativas e engajamento junto ao Ministério da Saúde. “Debati muito e lutei para que houvesse um regramento que desse prioridade às pessoas de faixa etária acima de 90 anos, agora já chegando em 85”, lembrou.

O ex-prefeito Iris Rezende chegou nas primeiras horas de atendimento para a imunização. Após ser vacinado, defendeu a importância da ciência para a medicina. “Quando os nossos cientistas avançaram na produção de vacinas para tantos males existentes sobre a face da terra, foi uma evolução extraordinária. De forma que nós devemos, nessa hora, voltar o nosso sentimento de gratidão aos cientistas a todos aqueles e aquelas que se dedicam à saúde da população”. disse.

Em nome dos goianienses, o ex-prefeito Iris Rezende agradeceu às lideranças políticas, entre elas, ao governador Ronaldo Caiado por “enfrentar todas as dificuldades” e buscar “a preservação da saúde da população”.

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, que também acompanhou Iris, lembrou a estrutura montada no município, que dispõe de dois drive-thru e sete escolas municipais para a vacinação. Para ele é fundamental a conscientização daqueles que receberam as primeiras doses sobre o tempo necessário para concluir as etapas que a vacina requer para produzir anticorpos.

“A primeira dose não significa que ela (pessoa vacinada) está imune. Ela tomou a primeira dose, precisa ainda ter os cuidados e esperar os dias para a segunda dose. Além disso, precisa ter o cuidado e esperar mais 30 dias [após a segunda dose] para poder dizer que está imune”, concluiu o prefeito.

Compartilhe este post: