Goiás

“Aparecida importa muito e exporta pouco, precisamos incentivar o comércio exterior”

Encontro Internacional de Comércio Exterior no município teve como objetivo incentivar a internacionalização das empresas goianas. Aparecida é o 5º município no Estado de Goiás que mais importa produtos, mas não ocupa nem a 15ª cidade em exportação

Ana Paula Arantes

O 8º Encontro Internacional de Comércio Exterior (EICE) aconteceu na manhã de ontem, 25, no Anfiteatro Municipal Luiz José Costa. A realização foi da Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia (ACIAG), e da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), a  prefeitura de Aparecida estava entre os parceiros. O evento reuniu centenas de empresários industriais, empreendedores e especialistas na área de Comércio Exterior e Relações Internacionais.

Leopoldo Moreira, presidente da Aciag, disse ao Diário de Aparecida que há muitas empresas com perfil exportador no município e não sabe. Segundo Leopoldo, em uma reunião com Marlúcio Pereira, secretário municipal do Desenvolvimento Econômico surgiu a ideia de promover um encontro sobre importação. Moreira disse que ele e Marlúcio respaldados no entendimento de que Aparecida de Goiânia é o 5º município no Estado de Goiás que mais importa produtos, mas não ocupa nem a 15ª cidade em exportação, determinaram por meio de parcerias abrigar o encontro com objetivo de incentivar a internacionalização das empresas goianas.

“Aparecida é altamente importador e muito pouco exportador, então vamos incentivar as pequenas e médias empresas a importar. Tem muita gente que quer comprar os produtos brasileiros na área de cosméticos, vestuário, alimentação, entre outras. Quando o pequeno empresário exporta ele cresce em acuidade e no próprio meio empresarial”, falou, Leopoldo Moreira, agradecendo o prefeito Gustavo Mendanha pela liberação do Anfiteatro, devido os espaços da Aciag estarem cedidos por vários meses para serviços da Secretaria de Saúde de Aparecida.

De forma híbrida, o presencial abrangeu de 8h às 13h20, e online de 8h às 18 horas. Entre os parceiros estavam, o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae); a Fieg (Federação das Indústrias do Estado de Goiás); Prefeitura de Aparecida de Goiânia; CIN (Centro Internacional de Negócios de Goiás); CTComex (Conselho Temático de Comércio Exterior); Correios; e Grupo Porto Seco Centro-Oeste.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo