Sábado, 27 de Fevereiro de 2021
27 de Fevereiro de 2021

Aparecidense encara Atlético em busca de mais uma final

Finalista em 2015 e 2018, Camaleão tenta mais um feito histórico contra o rubronegro da Capital

Aparecidense e Atlético/GO definem hoje, 17, o primeiro finalista do Goianão 2020. Os dois times se enfrentam às 16h10 no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia. O duelo é em jogo único e o vencedor do confronto, encara quem triunfar do outro jogo da semifinal, entre Jaraguá e Goianésia, que se enfrentam nesta quinta-feira, 18, no Estádio Amintas de Freitas, em Jaraguá/GO. Com os jogos propostos, podemos ter uma final “caipira” no certame de 2020, que só será finalizado agora em 2021.

Após desclassificações traumáticas na Série D e também na Copa Verde, a Aparecidense ganhou fôlego na temporada conjunta 2020/2021, após a excelente classificação contra a equipe do Goiás, jogando na casa do adversário. O triunfo garantiu um 2021 com calendário cheio para o Camaleão do Cerrado.

Mas a equipe de Aparecida de Goiânia quer mais, finalista em 2015 e 2018, perdendo o título para o Goiás, a Aparecidense objetiva não só chegar em mais uma final, mas dessa vez conquistar o título. Para isso o desafio é gigante, enfrentar um time da primeira divisão brasileira, o Atlético/GO.

Técnico da Aparecidense, o ex-zagueiro do Vila Nova/GO e da própria Aparecidense, Thiago Carvalho, garante que a equipe está preparada e tem totais condições para que saia vencedora do duelo. “O futebol as vezes machuca muito, nossa equipe estava jogando muito bem a Série D, e por uma fatalidade não conseguimos o acesso, mas da mesma forma que o futebol te machuca, ele te dá ali, logo à frente a oportunidade de recuperação, e é isso que conseguimos contra o Goiás, e se Deus quiser faremos logo mais contra o Atlético. Quero muito deixar meu nome na história desse clube, e isso passa pela conquista de um título”, ressalta o treinador aparecidense.

A tarefa árdua do Camaleão do Cerrado terá um ingrediente a mais além do próprio Atlético. Trata-se do desfalque do principal goleador da equipe, e também artilheiro do Goianão 2020 com oito gols marcados, o atacante Alex Henrique, que cumpre suspensão automática  e não enfrenta a equipe rubro-negra. Artilheiro da Aparecidense na temporada 2020, com 21 gols marcados em 33 partidas, lamenta não poder entrar em campo.

“Ninguém gosta de ficar fora. Acho que quando chega a hora boa todo jogador gosta de estar, ainda mais no meu caso no momento que estou, infelizmente não poderei estar dentro de campo para ajudar. Faz parte. O grupo todo assimila bem o trabalho do Thiago Carvalho, então acho que isso não será problema. Lógico que pelo momento eu poderia ajudar em uma semifinal de campeonato, mas vou estar lá acompanhando e na torcida. Espero que a gente consiga esse grande feito de chegar a mais uma final”, disse.  

Atlético/GO 

Após a derrota por 2 a 1 para o xará paranaense, e ver cada vez mais o sonho da Libertadores da América ficar mais distante, o Dragão promete força máxima para o duelo desta quarta-feira. Grande favorito a levantar o troféu da temporada, depois das eliminações dos arquirrivais Goiás e Vila Nova/Go. O Presidente rubro-negro Adson Batista valoriza a competição, onde o Atlético/GO busca o bicampeonato e, consequentemente, seu décimo quinto título, igualando assim o Vila Nova/GO.

Escalações

Aparecidense: Tony, Rafael Cruz, Renato, Ricardo Lima, Ícaro e Bruno Henrique ; Uederson, Rodriguinho e  Albano;  Negueba e Cardoso. Técnico: Thiago Carvalho. 

Atlético/GO : Jean, Dudu, Oliveira, Eder e Natanael; Willian Maranhão, Marlon Freitas, Chico e Wellington Rato; Janderson e Zé Roberto. Técnico: Marcelo Cabo.  

Júnior Schumacher

Compartilhe este post: