GoiásGoiás Online

“Aquele de Aparecida é ingrato”, diz Bruno Peixoto

“Aquele de Aparecida é ingrato. Tem como orientador o Marconi. Se fosse irmão político do Daniel, estaria aqui. Nós estamos do lado do bem, não do mal”, disparou o deputado estadual Bruno Peixoto em discurso durante encontro do MDB, em Goiânia. As críticas foram direcionadas ao prefeito Gustavo Mendanha, que não acatou a decisão do partido de aliar-se ao DEM de Ronaldo Caiado, com Daniel Vilela na vice.

Surpresa
A iniciativa do governador Ronaldo Caiado (DEM) de confirmar, no encontro estadual do MDB, Daniel Vilela como seu vice causou surpresa a todas as lideranças e militantes do partido.

Tucanos
O deputado federal Célio Silveira e o deputado estadual Francisco de Oliveira, ambos do PSDB, fizeram discurso, no encontro do MDB, com elogios a Ronaldo Caiado e a Daniel Vilela.

Arestas
A partir de agora, a palavra de ordem no Palácio das Esmeraldas é “aparar as arestas” nos setores da base aliada que ainda não assimilou a escolha de Daniel Vilela para a chapa majoritária.

Diálogo
Ronaldo Caiado já conversou com Lincoln Tejota, Lissauer Vieira e Adib Elias, os aliados que manifestaram contrariedade com a composição MDB/DEM.

Sem empolgação
PSDB já realizou dois encontros regionais este ano – Valparaíso de Goiás e Posse – e ainda não conseguiu mobilizar lideranças influentes nos municípios.

Tempo
A antecipação da aliança para 2022, com vistas à reeleição de Ronaldo Caiado, permite, segundo articuladores, mais tempo para conversar com aliados do interior do Estado: “Sem aquelas surpresas das atas de Goiânia.”

Terceira via
Pouca gente acredita que, em Goiás, uma terceira via se viabilize desta vez. Mas já existem partidos discutindo isso, porém o entrave é a escolha de um nome e a proibição das coligações.

DNA político
Felipe Cecílio, neto do ex-senador Mauro Miranda, pretende disputar vaga de deputado estadual em 2022 pelo MDB.

Plano B
Gustavo Mendanha propôs também a Renata Abreu a filiação do deputado federal Professor Alcides ao Podemos. O indicado para a presidência é o advogado Wallace Braz.

Pouca gente
Gustavo Mendanha não conseguiu reunir, no último domingo, plateia numerosa em Porangatu, no Norte do Estado, para falar de seu projeto de concorrer ao governo.

Marconistas
Os prefeitos Carlos Alberto Leréia (Minaçu) e Valmir Pedro (Uruaçu), ambos do PSDB, estavam lá, além de outras lideranças tucanas.

Parlamentares
O deputado federal Professor Alcides (Progressistas) e os deputados estaduais Paulo Cezar Martins (MDB) e Cláudio Meirelles (PTC) foram a Porangatu anunciar apoio a Mendanha.

Grupo de Mendanha tenta mudar direção do Podemos
De olho nas eleições de 2022, o grupo do prefeito Gustavo Mendanha entrou em ação para tirar o Podemos do controle do deputado federal José Nelto e da base caiadista. Em conversa com a presidente Renata Abreu, Mendanha e os secretários André Rosa e Felipe Cortês propuseram a mudança da direção em Goiás. Fábio Passaglia e André Rosa estão cotados para a presidência.

RESUMO

A mais recente pesquisa Datafolha mostra a inclinação das pessoas a refluir notícias das redes sociais. 93% dos entrevistados não confiam ou confiam pouco na informação oriunda desse meio de comunicação.

O cenário ainda não é muito bom para a imprensa convencional, pois 80% dos entrevistados pelo Datafolha não confiam ou confiam pouco na imprensa. Aí é ruim.

2022 ainda será um ano eleitoral pautado pela ampla divulgação de fake news. Fiscalizar esse tsunami de informações maliciosas não será fácil, permitindo a quem vive disso nadar de braçada.

Deputado federal Dr. Zacharias Calil avisa que não vai deixar o DEM caiadista para disputar o Senado por outra legenda. “Sou leal a Ronaldo Caiado, que sempre me apoiou na política.”

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo