Goiás

“Assumi um compromisso quando me tornei governador: moralizar Goiás em todos os níveis”, diz Caiado, em Jataí, onde entrega escrituras de imóveis, vistoria hospitais, autoriza obras em escola e licitação para pavimentação da GO-180

Mais 298 proprietários agora contam com documentação de regularização fundiária. Outros 62 assinam documento que será enviado ao cartório para registro. Construção de rodovia tem investimento previsto de R$ 70 milhões. Na educação, autoriza concluir construção de escola Padrão Século 21 e faz distribuição de computadores para alunos. Governador confere trabalhos do Hospital Estadual de Jataí Dr. Serafim de Carvalho, que contabiliza mais de 66 mil atendimentos desde que foi estadualizado, e do Hospital Padre Tiago. “Governo, quando não rouba, quando não faz corrupção, tem dinheiro para saúde, educação, para regularizar escritura”, destaca

O governador Ronaldo Caiado esteve em Jataí, neste sábado (30/10), no Sudoeste do Estado, para extensa agenda que incluiu a entrega de 298 escrituras de moradia para famílias de três bairros e a autorização para licitação da obra de pavimentação asfáltica da GO-180, até o entroncamento com a BR-364. Na área da educação, assinou ordem de serviço para conclusão de uma escola Padrão Século 21 e entregou Chromebooks a estudantes da 3ª série do Ensino Médio. Também vistoriou as instalações do Hospital Estadual de Jataí Dr. Serafim de Carvalho e do Hospital Padre Tiago.

“Assumi um compromisso quando me tornei governador: moralizar o Estado de Goiás em todos os níveis e também em todas as áreas. E estamos cuidando de tudo. Saúde, educação, segurança pública, área social, legalização de terra e de lote, infraestrutura. É tudo isso que dá tranquilidade para as pessoas”, disse o governador. “A pergunta que fica é: o que fizeram com o dinheiro do Estado de Goiás durante 20 anos?”, pontuou, durante o anúncio da série de benefícios aguardados por décadas pela população.

Moradias
Por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), o Governo de Goiás entregou 298 escrituras para famílias dos bairros Mauro Bento, Colmeia Park e Estrela Dalva. Outras 62 assinaram documento que será enviado ao cartório para registro. Ao todo, R$ 15 milhões, oriundos do Fundo de Proteção Social de Goiás (Fundo Protege), serão investidos para atender demandas da área em todo território goiano até o fim de 2022.

No caso de Jataí, a ação ocorre numa região onde, em 1997, o então governador Maguito Vilela viabilizou para atender uma demanda habitacional. De lá para cá, nenhum outro governante fez a regularização necessária para essas moradias, o que agora é realidade com Caiado. “Governo, quando não rouba, quando não faz corrupção, tem dinheiro para saúde, educação, para regularizar escritura”, explicou Caiado. “Isso estamos fazendo em todo Estado”, reafirmou.

“Já tem 20 anos que esperava essa escritura, mas nunca saía. Graças a Deus o senhor chegou para entregar”, disse Gilmar Martins ao receber a documentação das mãos do governador. Segundo ele, a papelada é motivo para que possa “dormir tranquilo”. Mesmo sentimento compartilhado por Carmelina Carvalho, primeira moradora do Colmeia Park. “Morei num barraco de lona, depois construímos a casinha, e hoje recebo escritura. Fico muito alegre porque agora eu mando e desmando na casa”, brincou a nova proprietária.

“O mais importante, lá atrás, era garantir a moradia. Essa foi a colaboração do meu pai com nossos conterrâneos que não tinham condições”, lembrou o ex-deputado Daniel Vilela, filho de Maguito, que acompanhou a entrega das escrituras. “O governador tem tido uma atenção muito especial com Jataí. Como filho dessa cidade, digo que estamos ao seu lado”, disse a Caiado. Já o prefeito Humberto Machado afirmou que “se fosse fácil fazer escritura, alguém já tinha entregue há muito tempo”, uma referência à seriedade da atual gestão com as necessidades da população. “Não há nada melhor para uma família criar seus filhos do que um teto. O senhor tem sensibilidade na área social”, ressaltou.

A expectativa do Estado é de entregar cinco mil escrituras até o final da gestão. “Nunca antes na história do Estado houve um investimento assim [para regularização fundiária]. Caiado tem priorizado a assistência social em todas faixas etárias. Isso tem mudado a vida de milhares de pessoas. Não há programa social que mude mais a vida da população do que a casa própria”, relatou o diretor de Governança e Transparência da Agehab, Lucas Gouveia, representante do presidente da agência, Pedro Sales.

Mais que um documento, Caiado concede dignidade às famílias. O relato é do deputado federal Delegado Waldir, que completou: “Éramos um Estado sem rumo. Foi necessário o senhor pegar as rédeas, cortar a corrupção. Hoje, anuncia benefícios na infraestrutura, assistência social, educação, saúde, segurança”. Já o deputado estadual Chico KGL classificou a entrega das escrituras como “o momento mais nobre da vida dessas pessoas”.

Educação
Na solenidade, Caiado assinou ordem de serviço para conclusão das obras de construção do Colégio Estadual Dom Abel, modelo padrão Século 21. O investimento gira em torno de R$ 4,8 milhões. As obras estão paralisadas há anos. “É uma escola que vai atender, no mínimo, 900 alunos, podendo chegar a 1.200”, adiantou.

Alunos da 3ª série do Ensino Médio matriculados nas 11 escolas da rede estadual de ensino em Jataí também receberam 30 Chromebooks que auxiliarão nos estudos. No total, serão entregues no município 1.350 equipamentos. “Poucos lugares no Brasil possuem essa ferramenta. E, aqui em Goiás, se encontra nas escolas públicas. Esse é o perfil de estudo que nossa juventude merece”, declarou o governador.

O deputado federal Glaustin da Fokus chamou a atenção para o fato de que a atual gestão não se curvou diante das dificuldades da pandemia. Pelo contrário, investiu o período de aulas remotas para garantir reforma de escolas. “Tenho viajado esse Estado inteiro e pude presenciar o que é a educação antes e o que passou a ser a educação deste governo.”

Infraestrutura de rodovias
Durante uma reunião com prefeitos da região e representantes do agronegócio, o governador assinou ordem de serviço que autoriza a licitação da pavimentação asfáltica da GO-180, na zona rural de Jataí. É o primeiro passo para realização da obra do trevo com a BR-364 ao entroncamento com a GO-467. “Estou trabalhando o dia todo e respeitando quem trabalha”, disse aos produtores rurais. O processo será conduzido pela Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra).

No evento, o prefeito propôs batizar a referida rodovia de “Governador Maguito Vilela”, em homenagem ao líder que nasceu no município e faleceu no início deste ano. Ele ainda agradeceu os investimentos do Estado em Jataí, o que garante maior eficiência do agronegócio. “As ações políticas transformam nossas vidas. E Caiado está trazendo no mínimo R$ 150 milhões para nós”, disse Humberto Machado. Uma das obras citadas por ele é a pavimentação da GO-184, a conhecida Estrada Velha de Caiapônia, onde foram investidos cerca de R$ 73 milhões.

O projeto para pavimentação de um trecho da GO-180, que foi elaborado a partir da contribuição de produtores rurais e Prefeitura de Jataí, prevê intervenção em 25,6 quilômetros. O investimento estimado é de R$ 70 milhões. “Temos de colocar os pingos nos ‘is’. Esse projeto ficou pronto porque houve articulação e diálogo. A GO-178, da mesma forma. São obras extremamente importantes”, ressaltou o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e deputado federal José Mário Schreiner. Para ele, tudo isso é fruto de uma gestão comprometida em fazer a diferença na vida dos goianos.

O ex-deputado Daniel Vilela salientou que Caiado está resgatando desejos antigos de seu pai para realizá-los. Citou, como exemplo, a entrega da GO-174, de Montes Claros a Diorama, e agora a autorização para licitar a pavimentação da GO-180. “Tantos outros sonhos dele [Maguito], tenho certeza que, com essa aliança, e com compromisso e seriedade do governador, serão realizados ao longo dos próximos anos”, disse. “Caiado, são muitas coisas boas acontecendo em Goiás. Agradeço o espírito público que o senhor tem tido desde o início do mandato”, complementou a deputada federal Flávia Morais.

Saúde
Já no início da noite, o governador foi até o Hospital Estadual de Jataí Dr. Serafim de Carvalho (HEJ). “Estamos investindo, aqui, mais de R$ 73 milhões por ano e também vamos ampliar as cirurgias eletivas e atendimento a toda a região. Hoje estamos levando a medicina para o interior”, anunciou Caiado.

Estadualizado pela atual gestão em 2020, o HEJ soma, desde então, mais de 66 mil atendimentos realizados. Administrada pela Fundação de Apoio ao Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás (FundaHC), a unidade conta com 160 leitos de internação, entre cirúrgicos, clínicos, pediátricos, obstétricos, neonatal e Covid-19. Nesse período, foram realizadas cerca de 2,5 mil internações hospitalares, além de 2 mil por Covid-19. Já em relação às especialidades, foram mais de 15 mil consultas médicas e não médicas.

“Esse hospital, sem dúvida alguma, será um grande marco na região Sudoeste. Também investiremos no Hospital de Santa Helena, completando dois pilares dessa região e atendendo a população”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino, sobre a estratégia que Caiado adotou de regionalizar os atendimentos.

Também em Jataí, o Governo de Goiás mantém, desde 2019, um convênio anual de cerca de R$ 11 milhões com o Hospital Padre Tiago, local onde Caiado e sua comitiva estiveram no início da noite. Além de internação em sete leitos de UTI, a unidade é referência no tratamento contra o câncer, cirurgias oncológicas e serviço de quimioterapia. Até junho do ano passado, qualquer paciente com câncer teria de ser encaminhado para uma unidade especializada. Na maior parte das vezes, Goiânia era o destino de quem era diagnosticado com a doença.

Participaram dos eventos a primeira-dama de Jataí, Gilvana Machado, o vice-prefeito Geneilton de Assis; a presidente da Câmara Municipal, Marina Silveira, e demais vereadores; o ex-prefeito de Jataí, Vinicius Luz; o presidente do Sindicato Rural, Vitor Gaiardo; a coordenadora regional de Educação, Regina Rodrigues; os prefeitos Aleomar Rezende (Mineiros), Ricardo Goulart (Itarumã), Tárcio Dutra (Serranópolis), Marly do Valdineis (Portelândia), Genilva Kátia (Doverlândia), Carlos Tadeu (Santa Rita do Araguaia), Eduardo Peixoto (Chapadão do Céu), Grete Balz (Perolândia); a comandante do 15º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Karise Néris; do 41º Batalhão de Infantaria Motorizada, tenente-coronel Klaiton Cota; e do Corpo de Bombeiros local, major Carrijo; além de produtores rurais, empresários e lideranças políticas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo