Terça, 20 de Abril de 2021
20 de Abril de 2021
Publicidade

Atuação do Estado resulta em queda expressiva de roubos em Aparecida

Segundo a SSP-GO, os números estão em queda no município desde 2019

Dados do Observatório de Segurança Pública, da Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO), apontam que o número de roubos em Aparecida de Goiânia apresentou reduções expressivas em 2020, em todas as modalidades. O governador Ronaldo Caiado (DEM) destacou que o trabalho das forças policiais contribui para a tranquilidade da população. 

De acordo com a secretaria, de janeiro a setembro de 2020, na comparação com igual período de 2019, houve queda de 50% nos roubos em comércio. O mesmo foi observado nas ocorrências envolvendo veículos (-44,92%), residência (-38,1%) e transeuntes (-36,47%).

Segundo a SSP-GO, os números estão em queda no município desde 2019, início da gestão do governador Ronaldo Caiado. Uma das principais reduções verificadas de janeiro a dezembro de 2019, em relação ao mesmo período de 2018, foi nos roubos de veículos, com -59,45%. As ocorrências do crime contra transeuntes chegaram a -34,17%; residência, -29,17%; e comércio, -23,38%.

Em 23 meses da atual gestão, Aparecida de Goiânia não registrou nenhum roubo a instituição financeira. A última ocorrência foi verificada em 2018. Os números são resultado das diversas ações e políticas adotadas pelo Governo de Goiás, que tem focado no combate à criminalidade em todas as cidades goianas.

Ronaldo Caiado disse que o trabalho das forças policiais em Aparecida de Goiânia e no Estado, como um todo, tem contribuído cada vez mais para a tranquilidade e segurança do povo goiano. “Não tem mais crime hoje em Goiás que não tenha uma ação direita com resultado e o esclarecimento de como ou quem o provocou. Isso dá tranquilidade para o cidadão. Isso se chama cidadania, é dar autonomia para as pessoas fazerem o que desejam, sem ter o empecilho da bandidagem”, avaliou.

Já o titular da SSP-GO, Rodney Miranda, projetou a expectativa que os índices devem continuar em declínio. “Nós vamos, nesses próximos dois anos, reduzir ainda mais, mostrar que Goiás não é lugar de gente que comete crime. Aqui é uma terra de pessoas de bem, pessoas honestas e trabalhadoras, que merecem tranquilidade para desenvolver suas atividades”, pontuou.

“O ideal é zerar os índices. Temos que buscar essa taxa de zero registro de crimes no Estado. A determinação do governador Ronaldo Caiado é devolver a paz e garantir a segurança dos 7,2 milhões de goianos. Vamos continuar trabalhando para que essa redução seja constante e que o reflexo dela venha, cada vez mais, para a população”, continuou o secretário de Segurança Pública.

Goiás 

De acordo com a SSP-GO, latrocínios, que é roubo seguido de morte, caíram 27,08% e os registros de lesão corporal seguida de morte tiveram queda de 11,11%, baseado no último trimestre de 2020, acumulado do ano passado, e o apanhado da gestão Caiado, em Goiás. “Esses dados refletem a excelência do trabalho feito pelas forças policiais”, destacou o secretário, que citou outro fato relevante: “Em setembro, tivemos o menor número de homicídios mensal nos últimos 10 anos no Estado de Goiás”.

Os dados, apurados pelo Observatório da Segurança Pública da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSP-GO), também apontam queda nos índices do crime roubo, de todos os tipos: de veículos reduziu em 41,41%; de cargas, 41,84%; a transeuntes, 33,66%; em residências, 28,54%; e em comércios, 26,09%. Na zona rural, o número de roubos em propriedades caiu em 42,40%.

Em relação aos roubos a instituições financeiras, o Estado de Goiás estava, desde outubro do ano passado, há 17 meses sem registros, o que significa uma queda de 100%. “Você vê hoje o seguro mais barato de carro aqui em Goiás. Isso dá tranquilidade para o cidadão. Isso se chama cidadania, é dar autonomia para as pessoas fazerem o que desejam sem ter o empecilho da bandidagem”, destacou o governador.

Por Eduardo Marques

Compartilhe este post: