Notícias

Audiência pública debaterá qualidade do serviço de energia em Goiás

A audiência será realizada pela Comissão de Infraestrutura (CI) na próxima quarta-feira, 4

A Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) realizará audiência pública, na próxima quarta-feira, 4, a partir das 9h, para debater a qualidade da prestação de serviços de energia no estado de Goiás, como divulgado pela Agência Senado.

O autor do requerimento, senador Luiz do Carmo (MDB-GO), afirma que a venda da Companhia de Distribuição do Estado de Goiás (Celg) para a Enel, empresa italiana de energia, foi danosa para os cofres públicos e aos consumidores.

De acordo com o senador, a Enel deveria investir, até o ano de 2020, R$ 3 bilhões em tecnologia capaz de melhorar a qualidade do serviço, sem aumento no valor da fatura. Luiz do Carmo ressalta que o objetivo era reduzir o prazo de falta de energia, quando esta viesse a faltar.

“Não houve qualquer contrapartida em termos de transferência de benefícios à população goiana. Muito pelo contrário, constatou-se um incremento do número de reclamações de usuários junto à Agência Goiana de Regulamentação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR). Somente no corrente ano, 133 mil reclamações já foram realizadas”, destacou o senador.

Foram convidados para discutir o tema: Giácomo Francisco Bassi Almeida, superintendente de fiscalização dos serviços de eletricidade da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), José Luis Salas Rincon, diretor presidente da Enel Distribuição Goiás, Haroldo Naves, vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), e um representante do ministério de Minas e Energia.

 

 

Gustavo Martins

Estagiário supervisionado pelo editor Jorge Borges

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo