D1Goiás

Balanço da Operação Anhanguera: 22 prisões no Entorno do DF

As forças de segurança do Estado de Goiás e do Distrito Federal realizaram 22 prisões e 3.462 abordagens, nos últimos quatro dias. Os trabalhos da Operação Anhanguera realizada entre os dias 23 a 26 deste mês, já apresentam resultados positivos, segundo informações das secretarias. A ação foi deflagrada pelas forças policiais e teve como foco o combate à criminalidade nas cidades que compõem o entorno oeste do DF. O balanço da operação foi apresentado ontem, 27, na cidade de Ceilândia, pelos secretários Rodney Miranda (SSP-GO) e Júlio Danilo (SSP-DF), além dos dirigentes de outras forças envolvidas.

Em entrevista coletiva, o chefe da Segurança pública de Goiás disse que, ao todo, foram mobilizados 550 agentes para essa missão. “Não é o encerramento, mas sim o início. A institucionalização e o esforço conjunto das forças de segurança, em busca da paz e tranquilidade da população de Goiás e do DF. Conseguimos capturar vários criminosos, autuar alguns também e quebrar teias criminosas que persistiam na região por falta de integração entre os órgãos”, destacou Rodney Miranda.

Rodney disse ainda que a ação reuniu as partes investigativas e de inteligência no trabalho operacional. Segundo ele, a maioria das detenções foi motivada pelo envolvimento com o tráfico de drogas. “Demos mais uma pancada nessas facções, que infelizmente atuam no Brasil todo, mas que aqui em Goiás e no DF nós temos conseguido enfraquecê-las cada vez mais. Prova disso são os bons resultados de redução da violência que nós alcançamos em Goiás e no DF”, enfatizou.

Na mesma ocasião, o secretário de Segurança Pública do Distrito Federal reforçou a relevância da atuação conjunta entre Goiás e DF, para reduzir de forma contínua a criminalidade na região. “Os criminosos não respeitam as fronteiras. Então é necessário que as forças policiais atuem de forma integrada”, afirmou. “Seguiremos com o planejamento e atuando de forma conjunta em outras áreas de divisa”, completou o chefe da SSP-DF.

 

Detenções e apreensões
Dentre as detenções, 11 foram decorrentes de Autos de Prisão em Flagrante (APF) e 11 do cumprimento de mandados judiciais de prisão. Foram realizados 13 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs), além da apreensão de três armas de fogo e de 15 veículos. As ações de fiscalizações tiveram como alvo bares, casas noturnas, veículos e restaurantes, resultando em 87 Autos de Infração e 44 Autos de Infração de Trânsito.

 

Das forças de segurança
A Operação foi batizada de “Anhanguera” em referência a Bartolomeu Bueno da Silva, Bandeirante Anhanguera que desbravou as terras de Goiás. Entre as forças envolvidas, estão as polícias Militar, Civil, Técnico-Científica, Corpo de Bombeiros Militar e Sistema Prisional dos dois entes federativos. A ação contou também com apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), com equipes da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal. A operação é a primeira de diversas que serão realizadas no entorno do Distrito Federal. O trabalho faz parte de um esforço conjunto, que ocorre desde 2019, para a implantação de novas estratégias de segurança voltadas especificamente para a região.

Você pode se interessar:

Comments are closed.

Mais em:D1