Notícias

Caiado abriu a era da inovação tecnológica em Goiás com a Campus Party

Da Redação

O sucesso da participação de Goiás na Campus Party 2019 mostrou que havia no Estado uma demanda reprimida por tecnologia e inclusão digital. A observação é do secretário da Governadoria, Adriano da Rocha Lima. “Isso começou a ser destravado e hoje é possível ver o potencial e o engajamento que os goianos têm com esse universo”, frisa.

Os números de 2019 não o deixam mentir. Dados da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi) apontam que foram mais de 127 mil acessos no hotsite do evento, com um alcance de quase 2 milhões de pessoas nas redes sociais, além de mais de 60 mil presentes e 7 mil campuseiros inscritos, sendo 2,5 mil acampados.

À frente do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, Ronaldo Caiado sempre foi um entusiasta do uso da tecnologia para solucionar os problemas reais dos 7 milhões de goianos. Aliás, mais do que apreciador da inclusão digital, o governador tem fomentado a área para diminuir as desigualdades regionais e dar mais qualidade de vida às pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Outros exemplos dessa trilha tecnológica montada pelo governo estadual também foram dados por Márcio César, secretário em exercício da Sedi, como a implantação da metodologia da “Escola do Futuro”, os laboratórios “makers” e os estúdios de TV Web, onde a comunidade em geral também pode produzir conteúdo tecnológico, como vídeos e podcasts. Tudo isso possibilitado pela Rede de Institutos Tecnológicos de Goiás (Itego).

Mayara Ferreira

Estagiária supervisionada pelo editor Jorge Borges

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo