Goiás Online

Caiado confirma aliança e MDB estará na chapa

Grato por ter chegado ao Senado em 2014 com o apoio do MDB de Iris Rezende e de Maguito Vilela, o governador Ronaldo Caiado confirma que o partido estará na chapa majoritária às eleições de 2022, quando vai concorrer à reeleição. O presidente estadual do MDB, Daniel Vilela, deve ocupar a vice, embora não haja definição ainda.

Gesto histórico
Daniel Vilela disse, em entrevista, que a presença do governador Ronaldo Caiado na sede do MDB, em Goiânia, na última sexta-feira, foi um “gesto histórico”.

Remember 2014
Daniel lembrou que o MDB aliou-se ao DEM, em 2014, para apoiar Ronaldo Caiado na disputa ao Senado, que acabou elegendo-se.

Recado
Ronaldo Caiado evitou, na entrevista aos jornalistas, falar sobre Adib Elias, Renato de Castro e Paulo do Vale, ex-emedebistas que não aprovam a aproximação do governador com o MDB de Daniel Vilela e de Iris Rezende.

Iris “presente”
O ex-prefeito Iris Rezende esteve representado no encontro por Paulo Ortegal, Samuel Belchior e Nailton de Oliveira. Caiado avisou a filha de Iris, Ana Paula Rezende.

Evento
Daniel vai apressar a realização de consulta aos quadros do MDB para, em ato público, revelar a posição majoritária das lideranças ao acordo com o DEM caiadista.

Pavimentação
O presidente do MDB deve iniciar diálogo com governistas e ex-emedebistas resistentes à sua presença na chapa majoritária, ao lado de Ronaldo Caiado, como candidato a vice-governador.

Com Iris
O anúncio da aliança MDB/DEM vai ocorrer, provavelmente em setembro, após a recuperação da saúde do ex-prefeito Iris Rezende.

Derrota
Com a aliança MDB/DEM, a proposta defendida pelo prefeito Gustavo Mendanha de candidatura própria do partido à sucessão estadual não vai prosperar.

Outro mundo
Sexta-feira, 20, à tarde, quando Ronaldo Caiado encontrava-se com Daniel Vilela em Goiânia, o prefeito Gustavo Mendanha recebia comitiva de vereadores de Itapuranga em Aparecida de Goiânia.

Vai sair?
Com a aliança MDB/DEM, a oposição (PSDB, PSB, PT, Patriota) vai assediar Gustavo Mendanha a buscar novo partido e enfrentar as urnas na disputa pelo governo de Goiás.

Otimismo
Deputado federal Professor Alcides (Progressistas) acredita que, no TSE, vai rever a decisão do TRE de Goiás que cassou o seu mandato.

Acirramento
Vai acirrar a disputa por vaga ao Senado na chapa de Ronaldo Caiado. São pretendentes: Henrique Meirelles (PSD), João Campos (Republicanos), Wilder Morais (PSC), Luiz do Carmo (MDB), Delegado Waldir (PSL) e Alexandre Baldy (Progressistas).

Carlos Júnior respalda Daniel e será exonerado
Presidente do MDB de Goiânia, Carlos Júnior discursou a favor da aliança com o MDB durante a visita de Ronaldo Caiado à sede do partido, em Goiânia, e respaldou as posições de Daniel Vilela. O empresário será exonerado do cargo de assessor especial pelo prefeito Gustavo Mendanha.

 

RESUMO

Não há data confirmada para o jantar do governador Ronaldo Caiado (DEM) com Alexandre Baldy, presidente do Progressistas em Goiás, para discutir aliança às eleições de 2022.

Ronaldo Caiado teve longa conversa com Sebastião Tejota e o filho, Lincoln Tejota, sobre o futuro político do atual vice-governador.

Advogado Ezízio Barbosa (MDB) diz estar fora das eleições do ano que vem, seja como candidato a deputado federal ou a estadual.

Gustavo Mendanha (MDB) voltou a circular no último sábado, 21, pelo interior do Estado para discutir as eleições de 2022. O prefeito de Aparecida de Goiânia esteve em Rio Verde com o ex-deputado federal Heuler Cruvinel e Osvaldo Fonseca, ambos do MDB. Mendanha visitou também lideranças de Serranópolis e Chapadão do Céu.

Você pode se interessar:

Comments are closed.