Sábado, 08 de Maio de 2021
08 de Maio de 2021
Publicidade

Caiado denuncia falsa doação feita em seu nome durante live de Wesley Safadão

Caiado é mais uma vez vítima de fake news durante a pandemia; portal UOL diz que governador de Goiás requereu investigação

Uma das maiores vítimas de fake news em toda a pandemia, o governador de Goiás Ronaldo Caiado (DEM) desmentiu nesta segunda-feira, 18, a doação de 10 toneladas de alimentos que foi realizada em seu nome durante live do cantor Wesley Safadão e banda Raça Negra.

Caiado já teve falsos áudios espalhados nas redes sociais, fotos atribuídas a ele, opiniões e agora uma falsa doação. É um dos gestores públicos mais utilizados durante a pandemia. Um dos motivos é sua postura séria diante da urgência de decisões para o enfrentamento do novo coronavírus, o que motiva interesseiros em pegarem carona no prestígio de Caiado.

Mas outra parcela é de pessoas que deseja mentir para simplesmente fazer o mal. O portal UOL relatou ontem que Caiado pretende requerer investigação dos culpados – o que é passível de rápida conclusão através do acesso do IP (Internet Protocol).

Em nota divulgada hoje, ele afirmou que vai denunciar a fraude às autoridades. “No final de semana, alguém fez uma falsa doação de 10 toneladas de alimentos durante uma live do Wesley Safadão e Raça Negra em meu nome. Mentiram para os artistas que faziam um gesto nobre. (…) Diante disso, vou fazer uma denúncia para que as autoridades competentes identifiquem e punam esses criminosos que usaram meu nome para uma doação falsa. De acordo com os rigores da lei”, disse Caiado.

O governador ainda completou. “Infelizmente existem pessoas que brincam com o sofrimento, a necessidade e a boa vontade das pessoas. Os artistas estão fazendo sua parte, não só entretendo a população. Arrecadam alimentos por meio de suas lives. Goiás já foi muito beneficiado por ações como essa”, finalizou o governador.

O site UOL informou ainda que Caiado mostrou os exames de seu teste para a covid-19 no final de semana. “O resultado do exame, feito depois que um de seus assessores foi diagnosticado com o novo coronavírus, deu negativo”. Um assessor direto do governador, todavia, testou positivo para a doença e está isolado e sob vigilância.

Compartilhe este post: