Segunda, 20 de Setembro de 2021
20 de Setembro de 2021
Publicidade

Caiado homenageia atletas dos Jogos Paralímpicos de Tóquio

Seis goianos que participaram da competição mundial, realizada no Japão, são bolsistas do Pró-Atleta, programa de fomento ao esporte de alto rendimento

O governador Ronaldo Caiado recebeu ontem, 14, no Palácio das Esmeraldas, atletas goianos que participaram dos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Durante o evento, também entregou os uniformes que vão vestir 27 representantes do Estado nas Paralimpíadas Universitárias, que serão realizadas entre os dias 16 e 19 setembro, em São Paulo.

Caiado explicitou o respeito que tem pelo esporte paralímpico. “Devemos oferecer os instrumentos necessários para os atletas se realçarem cada vez mais. Com vontade, garra e determinação, vão chegar ao pódio e levar junto o nome do Estado de Goiás”, ressaltou. Para o governador, a maior conquista é a superação. “É esse brilho nos olhos de vocês que eu não vou deixar que ninguém apague”, assinalou.

Em seu pronunciamento, Caiado lembrou o empenho para priorizar pessoas com deficiência, um compromisso constante ao longo de sua trajetória. “Podemos levar todas essas pessoas a terem dignidade e, amanhã, altivez para chegar onde desejarem, seja na fase esportiva, profissional ou naquilo que desejarem, mas com autoestima e respeito de todo o Estado de Goiás”, ressaltou.

 

Conquistas e apoio

A seleção feminina de vôlei sentado foi um dos destaques da competição mundial, realizada no Japão entre 24 de agosto e 5 de setembro de 2021. Com quatro jogadoras goianas, a equipe conquistou a medalha de bronze, repetindo o resultado obtido nos jogos do Rio de Janeiro, em 2016. Ádria Jesus, Jani Freitas, Pâmela Pereira e Nurya Almeida são bolsistas do Pró-Atleta.

Ao todo, 14 pessoas representaram o Estado em sete modalidades: vôlei sentado, tiro com arco, tênis de mesa, natação, atletismo, bocha e ciclismo. Seis esportistas são diretamente apoiados pelo governo de Goiás, por meio do Pró-Atleta, programa de fomento ao esporte de alto rendimento.

Das 600 bolsas oferecidas, 10% são reservadas ao paradesporto. Além disso, parte da preparação dos atletas para este ciclo paralímpico foi realizada no Centro de Excelência do Esporte, que integra o complexo esportivo do Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira, no centro de Goiânia.

Caiado reconheceu o empenho dos atletas e reforçou as ações governamentais, iniciadas com a instituição da Secretaria de Esporte e Lazer, recriada em 2019. “Criamos e estamos dando musculatura para fazer a diferença na prática de esportes e para que Goiás possa mostrar todo o seu potencial e trazer resultados”, pontuou. “Já temos uma destinação orçamentária do Fundo Protege para atender todos esses atletas em competições internacionais e, aos que vão para os Jogos Universitários, tragam bastante resultado e medalha para o Estado de Goiás”, afirmou.

 

Atletas em Tóquio

Dois bolsistas do Pró-Atleta que estiveram em Tóquio participaram da competição pela primeira vez. Hélcio Luiz Jaime chegou às quartas de final no tiro com arco, ficando na sexta posição da categoria W1. Já Millena França esteve na disputa individual e por equipes do tênis de mesa.

Vanilton Filho e Andrey Muniz competiram nos Jogos pela segunda vez. Na natação, Vanilton disputou as provas de revezamento 4×100 metros, 50 metros livre e 100 metros borboleta. Já Andrey Muniz participou do tiro com arco, na categoria Compound Men. Lethícia Rodrigues esteve pela primeira vez nas Paralimpíadas, na disputa individual e por equipes do tênis de mesa.

Compartilhe este post: