Quinta, 15 de Abril de 2021
15 de Abril de 2021

Caiado inaugura sede dos grupos especiais de Repressão a Narcóticos e de Investigação de Homicídios, em Itaberaí

No espaço, elas recebem acompanhamento psicológico, assistencial e jurídico

Da Redação

O governador Ronaldo Caiado inaugurou, nesta sexta-feira (21), a sede do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos e do Grupo de Investigação de Homicídios, em Itaberaí. Ele destacou a redução da criminalidade em Goiás e espírito público das forças policiais no sentido de proteger vidas. “O que a sociedade cobra é obrigação do Estado. Segurança pública vocês têm garantida”, pontuou. Os núcleos especializados vão trabalhar no mesmo prédio e terão âmbito de atuação em todos os 28 municípios vizinhos que compõem a 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil (4ª RISP – Região Integrada de Segurança Pública).

A iniciativa foi viabilizada a partir de parceria entre o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Segurança Pública (SSP-GO), a Prefeitura de Itaberaí e empresas locais. O imóvel é cedido pela administração municipal, que fez a locação, enquanto as reformas e adaptação ficaram por conta da iniciativa privada. Foram investidos R$ 17 mil nas obras e R$ 23 mil no mobiliário para a sede.

O governador fez questão de prestar elogios às forças de segurança, que possibilitaram grande redução de crimes da região. “Meu reconhecimento de público às polícias Civil e Militar, Polícia Técnico-Científica, Corpo de Bombeiros e Polícia Penal. Quero agradecê-los por esse espírito público, essa dedicação em salvar vidas, em propiciar à juventude e às famílias de Itaberaí a condição de serem donos de suas próprias existências”, afirmou.

Prefeito de Itaberaí, Carlos Roberto da Silva comemorou a entrega de mais um serviço para a população. “Quero demonstrar minha alegria e felicidade. Após quase oitos anos, ao término de nossa gestão, fazemos parte da história de Itaberaí. Obrigado, governador, pela presença. Que Deus o abençoe por todos os benefícios que tem feito para o Estado de Goiás e, principalmente, por nossa cidade”, agradeceu.

A delegada-geral adjunta da Polícia Civil, Letícia Franco, enalteceu a união em prol da inauguração do prédio, imbuídos do mesmo propósito, que é oferecer à sociedade o serviço de segurança pública. “A sede está bem instalada e é extremamente importante para que os nossos policiais possam prestar todo o atendimento à população e fazer um trabalho de investigação em um ambiente adequado”, pontuou.

Segundo Ivaldo Gomes, delegado Regional da 4ª RISP, os índices de criminalidade estão em curva decrescente desde 2019, com redução de 21% em todas as modalidades nos 28 municípios atendidos. Só nos homicídios dolosos (com intenção de matar), a queda foi de 75%.

“O foco nosso será contra os crimes mais graves, como homicídio, tráfico de drogas, violência doméstica e sexual. A instalação dos grupos reforçará essa atuação e contribuirá para a permanência da redução dos índices criminais”, afirmou Ivaldo. O delegado disse, ainda, que a inauguração representa um grande avanço no papel da polícia Judiciária. “Não basta só investigar, mas deve-se investigar bem”, ressaltou.

Cada grupo passa a ter, agora, estrutura completa de uma delegacia especializada, com servidores e logística para funcionamento e atendimento operacional. Durante discurso, o delegado Kleber Leandro Toledo Rodrigues, coordenador dos grupos especializados, disse ao governador que os policiais civis destacados para atuar na 4ª Regional estão “com sede de trabalho”. Segundo ele, “muito em breve, estaremos apresentando grandes resultados, de forma a trazer mais segurança e tranquilidade a toda a região”.

Ronaldo Caiado cumpre as promessas de governo, especialmente as que são referentes à segurança pública, diz o deputado federal José Nelto. “Isso tudo acontece porque o senhor não alisa. A polícia está podendo trabalhar, tem liberdade para trabalhar. Não há mais aquela história de engavetar processos em Goiás”, declarou.

O desenvolvimento correto das atribuições da Polícia Civil, segundo a diretora da Fórum de Itaberaí, Ana Amélia Inácio Pinheiro, é fundamental para a boa atuação da Justiça. “Faz toda diferença para condenar ou absolver um suspeito”, assegurou. Ela ressaltou a importância da estrutura para o combate ao tráfico de drogas que é “uma das maiores mazelas da sociedade, que impulsiona outros delitos, e atinge não só a saúde do usuário, mas a família e a sociedade”, reforçou.

*Parceria público-privada*
Para a construção da sede, a Polícia Civil do Estado de Goiás contou com a parceria de diversas empresas da iniciativa privada, como a São Salvador Alimentos. Em sua fala, o presidente da SSA, José Garrote, enfatizou a relevância da união do poder público e da iniciativa privada em prol da população. “Ouvindo os discursos, percebi que temos pensamentos semelhantes, de espírito público-privado sendo atores de uma sociedade de tal maneira que você possa conduzir e construir mais e melhor para nossa população”, assegurou.

O presidente destacou que estava em quarentena em sua fazenda, mas que não poderia deixar de comparecer à inauguração para reconhecer as conquistas de Ronaldo Caiado em relação à Segurança Pública de Goiás. Ele saudou o governador pelo trabalho que realiza na segurança pública. “Quando a gente ouve que teve queda de homicídio de 70%, e nós sabemos que é verdade, eu não poderia deixar de parabenizar o senhor e equipe”, diz José Garrote.

O trabalho conjunto foi ressaltado também pelo presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira. Ele disse que Itaberaí é exemplo de união da sociedade civil organizada e da iniciativa privada junto ao poder público. “Quando se tem as forças públicas, políticas, unidas com a iniciativa privada vemos benefícios chegarem à comunidade”, reconheceu.

O deputado lembrou que há poucos meses uma situação semelhante ocorreu com outra unidade da Polícia Civil de Itaberaí. “A exemplo desta sede aqui, a delegacia foi feita com a parceria do Governo do Estado, prefeitura e a São Salvador Alimentos. Assim se constrói um Estado melhor. Tenho certeza que a criminalidade será cada vez mais combatida no município”, concluiu.

 

Compartilhe este post: