Goiás

Centro Universitário Alfredo Nasser realiza semana de palestras sobre Segurança Pública

A pandemia de Covid-19 exigiu mudanças de toda a sociedade, não excluindo a Educação, que teve de se readaptar diante da nova realidade. Desta forma, a coordenação do curso de Segurança Pública da Unifan promoveu o evento de forma remota. Participaram cerca de 600 acadêmicos, entre os quais, estudantes de Segurança Pública, Direito e professores da Unifan, além do público externo.
As palestras foram proferidas pelo major Alexandre Barcelos, da Academia da Polícia Militar; e pelo capitão Diogo Moura, do Regimento de Polícia Montada; além do perito criminal Ricardo Matos e o papiloscopista Antonio Maciel Filho, que abordaram sobre a História, evolução e atuação da polícia no Brasil e no mundo, Procedimentos e Rotina do Regimento Montado da PM-GO e a Papiloscopia como forma de prova delitiva.
No encerramento da programação, o pró-reitor Acadêmico da Unifan, professor pós-doutor Carlos Alberto Vicchiatti, agradeceu a coordenação do curso e toda a equipe gestora do evento, bem como os acadêmicos participantes, ressaltando a relevância do debate técnico e científico sobre Segurança Pública, vez que contribui para a formação dos futuros profissionais e por também ser um direito e responsabilidade de todo cidadão.

O curso
O curso de Segurança Pública é oferecido pelo Centro Universitário Alfredo Nasser em grau tecnológico. Nesta graduação, o aluno aprende principalmente a administrar riscos e conflitos, de forma a promover a paz, respeitando os Direitos Humanos. Para isso, estuda disciplinas teóricas, como Direito, Sociologia e Filosofia, e tem também atividades mais técnicas, como Negociação, Gerenciamento de Crises e Inteligência Aplicada.
O profissional de Segurança Pública pode trabalhar com política de segurança, gestão, planejamento e técnicas operacionais. Em seu cotidiano, lida com situações complexas, riscos e incertezas. Para exercer sua função, é fundamental conhecer e respeitar princípios de Cidadania e Direitos Humanos.
Conforme explicou o coordenador do curso, professor Mauro Sales de Araújo, quem se forma em Segurança Pública pode atuar em diferentes órgãos públicos municipais, estaduais e federais. O profissional de Segurança Pública também encontra oportunidades de trabalho na área de pesquisa e no setor privado, integrando equipes multidisciplinares que dialogam com o poder público em projetos de segurança, ou mesmo como consultor independente.

Você pode se interessar:

Comments are closed.

Mais em:Goiás