Terça, 20 de Abril de 2021
20 de Abril de 2021
Publicidade

Vilmar nega crise no PSD com filiação de Meirelles

Presidente estadual do PSD, Vilmar Rocha (foto) nega a existência de crise no partido com a filiação de Henrique Meirelles. O ex-ministro da Fazenda, que quer ser candidato ao Senado, defende a aliança do PSD com o DEM para a reeleição do governador Ronaldo Caiado. Vilmar quer a legenda independente até 2022, ano eleitoral.

Avalistas
O senador Vanderlan Cardoso, o deputado federal Francisco Jr e o ex-deputado estadual Samuel Almeida são os “fiadores” da filiação de Henrique Meirelles ao PSD goiano.

Alerta
Membros do PSD alertam Vilmar Rocha de que, se insistir em ficar contra a aproximação com Ronaldo Caiado, a direção nacional do partido poderá promover intervenção em Goiás, afastando-o da presidência.

Calado
Ronaldo Caiado ainda não se pronunciou sobre o posicionamento de Henrique Meirelles em defesa de lançar PSD/DEM à reeleição do governador em 2022.

Baixar a poeira
Henrique Meirelles deverá participar da reunião da Executiva estadual do PSD, em março, para definir a data do evento que vai marcar a transferência do domicílio eleitoral de São Paulo para Goiânia.

Saída de Pazuello
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) emitiu nota oficial pedindo a saída do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, por falta de diálogo com os prefeitos durante a pandemia da Covid-19.

Chapa forte
Ronaldo Caiado prepara chapa competitiva do Democratas para a disputa à Câmara Federal e à Assembleia Legislativa no pleito do ano que vem.

Novatos
Entre os nomes que estão sendo preparados para a disputa a deputado federal pelo DEM estão os novatos Renato de Castro (Goianésia), Osvaldo Zilli (Aparecida de Goiânia) e Iso Moreira (Simolândia).

Perdas
Os presidentes Jânio Darrot (PSDB) e Daniel Vilela (MDB) estão preocupados com a debandada dos prefeitos, que migram para o DEM caiadista.

Vaga no TCM
Nilo Resende poderá pedir aposentadoria do cargo de conselheiro do TCM, o que vai acirrar a disputa, na Alego, pela vaga.

Vaga no TCE
Caso Sebastião Tejota venha a se aposentar para concorrer a uma cadeira de deputado federal em 2022, haverá disputa entre os políticos para o cargo de conselheiro do TCE.

Vai disputar
Marlúcio Pereira avisou à direção estadual do Republicanos que pretende concorrer novamente a uma vaga à Assembleia Legislativa nas eleições do ano que vem.

No interior
O deputado federal Glaustin da Fokus (PSC) retomou a agenda de visita a prefeitos de sua representatividade política para anunciar verbas garantidas através de emendas ao Orçamento da União.

Naves é referência do Progressistas de Goiás
Reeleito já no primeiro turno para a Prefeitura de Anápolis no ano passado, o empresário Roberto Naves (foto) é a aposta do Progressistas para futuros embates eleitorais majoritários, principalmente a governador e senador, nas eleições de 2026. Anápolis vai buscar novo protagonismo na política de Goiás, a exemplo do que ocorreu com Jonas Duarte e Henrique Santillo.

RESUMO

Secretários municipais de Aparecida de Goiânia retomaram, ontem, a agenda de trabalho, com visitas às obras em andamento, seguindo orientação do prefeito Gustavo Mendanha (MDB).

Márcia Caldas (Avante) e Carol Araújo (DEM) vão discutir com Ronaldo Caiado os projetos eleitorais que terão nas eleições do próximo ano: se concorrem a deputada federal ou a deputada estadual.

Ex-deputado Ozair José sai cedo, diariamente, de Aparecida de Goiânia para despachar como secretário municipal da Prefeitura de Abadia de Goiás.

Gustavo Mendanha (foto) manifestou ao embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, a pretensão de que Aparecida de Goiânia participe do acordo com o Brasil para a 3ª fase de teste do medicamento em spray contra a Covid-19. Brasil e Israel firmaram acordo para a realização dos testes com o EXO-CD24.

Compartilhe este post: