Goiás

Com irrigação, produtor familiar de Goiás alavanca o cultivo de hortaliças na cidade

Utilizando a tecnologia das Mangueiras Santeno, que são micro perfuradas a laser e produzem jatos de água direcionados, o agricultor ampliou a área de produção em cinco vezes, e ainda reduzindo gastos e desperdícios na aplicação dos recursos

A agricultura familiar no Brasil é fundamental para a produção dos alimentos de qualidade que chegam diariamente até as mesas dos brasileiros como por exemplo, frutas, verduras e legumes. De acordo com o último Censo Agropecuário divulgado pelo IBGE, são mais de 5 milhões de pequenas propriedades rurais em todo o país, representando 77% dos estabelecimentos da produção agrícola. Um destes produtores é o Michael Douglas, de Palmeiras de Goiás, cidade que fica a 80 km da capital Goiânia.

Biólogo de formação, após trabalhar alguns anos na área, ele resolveu realizar um sonho antigo que começou ainda criança quando cultivava hortaliças para o sustento da família. O desejo de empreender saiu do papel e iniciou em 2016 o projeto familiar a princípio em uma área de apenas 600 m² em casa, em um ambiente totalmente urbano. “O nosso foco são hortaliças folhosas, alface, couve, cebolinha, cheiro verde, coentro, salsinha, são plantas de ciclos mais curtos, que dão o retorno e um giro mais rápido. O produto é comercializado principalmente para o consumidor final e revendas dentro da própria cidade, como frutarias”, destaca o produtor.

No início do projeto, o agricultor fazia a irrigação da forma manual com o regador, porém, o processo comprometia o rendimento do serviço que não era bom. Foi quando tiveram a ideia de montar um sistema de irrigação primeiro com canhões, que embora em um primeiro momento melhorou o processo, a solução gastava muita água e não proporcionava uma uniformidade. “A hortaliça não aceita ter oscilações na irrigação, ela tem que estar bem uniforme para manter um canteiro padrão”, reforça o biólogo.

Em busca de soluções mais eficientes para ampliar a produção, otimizando mão de obra e sendo eficiente e sustentável na aplicação de água, o produtor conheceu as mangueiras de irrigação Santeno, que tem o selo de qualidade Nortène. O modelo escolhido foi a mangueira Santeno I, desenvolvida para hortaliças, gramados e pequenas pastagens. Microperfurada a laser, o produto produz jatos de água direcionados para cima, irrigando 100% da área, com raio de alcance de até 2 metros para cada lado.

A escolha deu certo, o produtor conseguiu ampliar sua área cultivada, e hoje, a produção é realizada em uma chácara dentro da cidade e área plantada saltou para 10.000 m² sendo 5.000 m² delas irrigada com mangueiras Santeno. “Além da redução da mão de obra, com as mangueiras Santeno, o nível de precisão dela é tão grande, que dá uma uniformidade de irrigação muito rápida evitando danos às plantas. Conseguimos ainda economizar água e reduzimos o tempo de bomba ligada, gastando também menos energia”, ressalta Douglas.

 

Fácil manuseio e grande eficiência

As mangueiras Santeno, além de sua grande eficiência, se destacam por serem produtos práticos e de grande versatilidade. Segundo Laís Zacheu, gerente comercial, um dos grandes diferenciais das mangueiras é sua facilidade de mudar de local, diferente de outros sistemas de irrigação que são fixos e são mais complicados para deslocamento devido à sua instalação. “Quando a mangueira não está funcionando ela é extremamente maleável, os produtores podem tranquilamente circular sobre elas entre os canteiros para fazer manejo e limpeza da daninhas, que não terá risco nenhum, diferente de produtos concorrentes que são mais rígidos”, ressalta Laís.

Elas também têm um ano de garantia do fabricante e foram produzidas para ficarem expostas a luz solar, e as mais variáveis intempéries como chuva e vento, sem perder a qualidade. “Temos relatos de clientes que já utilizam os produtos há cinco anos e nunca tiveram problemas”, lembra a profissional.

Linha completa

Os produtores também já têm à disposição a Santeno 2, mangueira ideal para irrigação de fruticultura e flores e a Santeno 3, desenvolvida para a irrigação de tabaco e flores. A empresa também disponibiliza a única mangueira do mercado com direcionamento para irrigação de pimentas que possui tecnologia de laser desenvolvida exclusivamente no Brasil que permite furações sob medida para cada cultivo. “Também é importante destacar nossa linha exclusiva para jardins que produzem micro jatos de água direcionados para cima como uma garoa artificial e por fim, Mangueira Pró para irrigação profissional e de grande escala, produtos com a mais alta tecnologia e qualidade”, finaliza a gerente.

Santeno – A Santeno está presente no mercado de irrigação há mais de 30 anos. A fábrica está localizada em Simões Filho – BA e a empresa desenvolve soluções para o produtor rural facilitando seu dia a dia no campo e ainda auxiliando no melhor aproveitamento de água. Mais informações em https://santeno.com.br/.

Grupo Nortène – Fundada em 1981 e sediada em Barueri/SP, a Nortène é pioneira no fornecimento de: reservatórios de geomembrana, filmes agrícolas, mulching, telas plásticas tecidas, telas plásticas termo-soldadas, silo-bolsa, agro silo tubo Flex-silon, telas tapume e lona para construção. A Nortène contribui também com sua tecnologia exclusiva em plásticos na fabricação e na comercialização dos produtos das empresas: Engepol Geossintéticos, Santeno Irrigação, Tecnofil Soluções em telas e Silox armazenagem.

 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo