Sábado, 27 de Fevereiro de 2021
27 de Fevereiro de 2021

Combate ao crime: queda expressiva de roubo de veículos em Goiás

Números recuam cerca de 75%, em 24 meses

COMBATE AO CRIME

Queda expressiva de roubo de veículos em Goiás: números recuam cerca de 75%, em 24 meses

Recuo nas ocorrências representa que mais de 7.580 carros e motos não foram tomados em assalto nos últimos dois anos. Média diária dessa modalidade criminosa passou de 27,7 casos em 2018, para 6,9 em 2020

O roubo de veículos em Goiás apresentou queda expressiva nos últimos dois anos. Os registros desta modalidade criminosa, que têm caído de forma contínua desde o início da atual gestão, chegaram a cerca de 75% de redução, se comparados os números de 2020 com os verificados em 2018, cenário encontrado pela atual administração do Governo de Goiás. Isso significa que mais de 7.580 veículos não foram tomados em assaltos, o que mostra o compromisso das forças policiais no trabalho de preservação da integridade física e psicológica do povo goiano. Os dados são do Observatório de Segurança Pública, da Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO).

Com a diminuição expressiva, a média diária de roubos de veículos em Goiás passou de 27,7 casos em 2018 para 6,9 no último ano. Se levados em conta os registros de 2020 com os de 2019, a redução foi de 40,2%. Os números revelam uma mudança drástica no cenário da segurança pública em Goiás. Diante do avanço histórico no combate aos crimes violentos, o governador Ronaldo Caiado reforçou que essa é uma das áreas em que o Estado, hoje, se tornou referência nacional. “Principalmente por conta das equipes especializadas, cada vez mais se aprofundam, detalham e estão presentes no combate a todas as facções, quadrilhas organizadas em Goiás e também de fora, que tinham tentáculos no Estado”, pontuou.

Caiado relembrou a insegurança vivida pela população nas gestões passadas. “Os criminosos tinham total conforto em agir em Goiás. Então, não é fácil obter esses resultados”, destacou. O governador ainda agradeceu o apoio irrestrito dado pelas forças policiais, que proporcionaram maior governabilidade e que contribuíram diretamente para os bons números no último ano. “Não me canso de dizer o meu muito obrigado às forças de segurança pública do Estado de Goiás. O meu sentimento de gratidão, de certeza de que vamos chegar ao final do nosso governo com resultados em que o cidadão vai poder viver com total tranquilidade”, completou.

Para o secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, as estratégias que foram adotadas, com o objetivo de desmantelar as organizações criminosas, como um todo, contribuem para o saldo positivo. “O trabalho de repressão qualificada que foi feito, identificando quais são os reais comandantes desses crimes e ir em cima deles, tem auxiliado nesses resultados”, afirmou. O chefe da SSP-GO também ressaltou que os números refletem a parceria existente entre Executivo, Ministério Público, Poder Judiciário, e as forças nacionais, como Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal. “Nós temos um inimigo comum, que se chama violência”, assinalou.

Veículos recuperados em 2020 superam ocorrências de roubo registradas

Um dos dados de destaque no último ano é referente ao total de veículos recuperados. Nos 12 meses de 2020, as forças de segurança do Estado conseguiram reaver 5.902 veículos roubados. O número é mais que o dobro das ocorrências de roubo verificadas no período comparado.  Além do indicador criminal em queda, algo que chama a atenção é o rápido tempo de resposta dado pelas forças de segurança do Estado nas ocorrências.

Como é o caso do motorista de aplicativo Leonardo Aguiar, que teve o veículo roubado por três indivíduos, em Goiânia. Ele foi chamado pelos suspeitos, via aplicativo, para realizar uma viagem com origem no Setor Pedro Ludovico. Contudo, no caminho, ele foi rendido e assaltado. “Todos estavam super bem vestidos, entraram no carro normalmente, mas próximo do setor Orlando de Morais, me assaltaram. Um estava armado, outros dois ficaram na parte de trás. Ali eu entrei em desespero, porque eles levaram meu carro e meus pertences”, afirmou.

Leonardo acionou a Polícia Militar, que iniciou as buscas, juntamente com equipes da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFVRA). A resposta foi rápida. Dois dias após o crime, o veículo foi localizado pelos policiais, mesmo sem possuir qualquer tipo de rastreamento. Os suspeitos foram presos em flagrante. “Foi muito rápido. Me ligaram, eu fui até o local, reconheci os autores e vi meu carro lá. Meu aparelho celular também foi recuperado”, contou aliviado o trabalhador.

Operações de destaque

Ao longo de 2020, diversas operações policiais foram deflagradas para desarticular organizações criminosas que agiam no roubo de veículos. Durante uma delas, batizada de Operação Sem Divisas, uma associação criminosa especializada no roubo de camionetes de luxo em municípios do interior de Goiás foi desmantelada. A ação foi realizada em novembro do último ano, de forma conjunta entre as Polícias Civil e Militar. O grupo era apontado como responsável por mais de uma dezena de crimes, praticados em São Luís de Montes Belos, Firminópolis, Uruaçu, Mossâmedes, Itaberaí e Cromínia.

Os veículos eram desmanchados, e as peças eram destinadas ao abastecimento de uma loja situada na região da Canaã, em Goiânia, de propriedade do líder da quadrilha. A investigação mostrou que os suspeitos levavam os automóveis com o emprego de violência e o uso de armas de fogo. Durante a ação foram apreendidas cinco armas de fogo, bloqueadores de sinal de rastreamento, módulos de ignição, ferramentas utilizadas para o desmanche dos automóveis e quatro camionetes de luxo furtadas.

A Operação Robauto, deflagrada em julho de 2020, também teve como alvo uma associação criminosa, suspeita de diversos roubos e furtos de veículos, além do desmanche dos automóveis para venda ilegal de peças. A ação foi realizada de forma conjunta entre a Furtos e Roubos de Veículos e a Polícia Militar. Ao todo, foram cumpridos sete mandados de prisão preventiva, dois de prisão temporária e sete de busca e apreensão na capital, em Aparecida de Goiânia, Trindade e Abadia de Goiás. Foram apreendidos dois veículos, duas armas de fogo e dois bloqueadores de sinais.

Da Redação

Foto: Arquivo / Governo de Goiás

Compartilhe este post: