Sábado, 24 de Julho de 2021
24 de Julho de 2021
Publicidade

Criança exibe arma de fogo em Campos Belos e cinco pessoas são presas pela Polícia Civil

Operação Tempestade foi deflagrada com o objetivo principal de prender o dono das armas ostentadas pelo garoto

No último dia 12 de abril, cinco pessoas envolvidas com o tráfico de drogas e com a gravação de um vídeo em que uma criança de oito anos exibia duas armas de fogo foram presas, por meio do trabalho conjunto dos policiais civis da Delegacia de Campos Belos de Goiás, com as delegacias de Posse-GO, Cavalcante-GO, Taguatinga–TO, e o Gote-TO e a Diretoria de Polícia do Interior-TO. Depois que o vídeo viralizou nas redes sociais, a polícia deu início à Operação Tempestade, que foi deflagrada com o objetivo principal de prender o dono das armas ostentadas pela criança – que era foragido da Justiça do Tocantins, pelo crime de homicídio.
O delegado de Campos Belos, Carlos Eduardo, enfatizou que a Polícia Civil do Tocantins já estava atrás do fugitivo desde janeiro último. “Após a circulação do vídeo, uma troca de informações com a polícia goiana levou as equipes a procurarem pelo suspeito em Goiás. Como a Polícia Civil em Campos Belos já apurava a gravação do vídeo, as equipes tocantinenses manifestaram apoio em participar da ação em busca do foragido”, disse Carlos Eduardo.

Prisões
No total, cinco pessoas foram presas, sendo um homem, que aparecia na gravação ao lado da criança; a mãe do foragido e seu companheiro; e mais um casal, também envolvido na gravação e cuja mulher ainda foi detida em flagrante por tráfico de drogas. Ouvida pela polícia, a criança disse que havia sido ameaçada para gravar o vídeo. “O menino, que não tem relação de parentesco com os presos, foi encaminhado ao Conselho Tutelar, para medidas cabíveis”, concluiu o delegado.

Busca e apreensão
A Operação Tempestade cumpriu mandados de busca e apreensão e dois de prisão, pedidos para apurar os crimes de corrupção de menores, apologia ao crime, associação criminosa e entrega de arma para criança, que foram cumpridos em quatro residências no Setor Bem Bom, bairro citado pela criança no vídeo – na gravação, o menino diz “Brotou no Bem Bom que vai ser só rajadão”. O dono das armas com mandado em aberto por homicídio não foi localizado, mas outras pessoas envolvidas nas circunstâncias criminosas foram detidas.

Compartilhe este post: