Quinta, 29 de Julho de 2021
29 de Julho de 2021
Publicidade

Crianças internadas no HMI recebem visita da ‘cadela terapeuta’

Da Redação

A ciência vem comprovando que a terapia com cães pode proporcionar redução na frequência cardíaca, relaxamento corporal e equilíbrio respiratório. Ciente dessa contribuição, o Hospital Estadual Materno-Infantil Jurandir Nascimento (HMI) encerrou a programação da Semana da Criança com a visita da Layka, cadela terapeuta, aos pequenos pacientes da unidade do Governo de Goiás.

A chegada da Layka provocou uma explosão de alegria e ânimo nas crianças, acompanhantes e colaboradores. Ela fez o maior sucesso nos corredores do Pronto-Socorro Pediátrico e no espaço reservado para o encontro com as crianças. Os pacientes Davi Stumano, de 11 anos e Ian Oliveira, de 7, eram só sorrisos. Tiraram fotos e abraçaram a nova amiga.

Flávia Lacerda, mãe de Vitor Gabriel, 8, disse que a visitante funcionou como um antídoto no filho, que está internado há bastante tempo. “Ele estava no colo, com dor, meio pra baixo. Quando viu a cadela, tocou nela e ficou mais animado. Mexeu com o emocional de todos. O hospital nos proporcionou uma semana maravilhosa”, afirmou a mãe.

Só gratidão
A tutora de Layka, Cleres Bisol, realiza trabalho voluntário com sua pet há sete anos. “Só gratidão. Tenho experimentado muitas alegrias com o que faço. É uma sensação de dever cumprido”, disse Cleres.

Os colaboradores da unidade também fizeram a festa com a cadela terapeuta. “Fiquei encantada com o carinho e doçura dela com as crianças”, pontuou Luciana Louzada. “Achei essa iniciativa muito boa. Muito importante para deixar as crianças tranquilas e ajudar no tratamento”, disse o estudante de medicina Marcelo Ribeiro, que faz internato no HMI.

“O cão terapeuta ajuda  a promover o bem-estar físico e emocional dos pacientes. Auxilia na terapia e reabilitação. Os benefícios são atestados pelas equipes de saúde e as organizações que promovem a Terapia Assistida por Animais (TAA). Tudo dentro dos cuidados sanitários, para que a segurança dos pacientes seja garantida”, destacou a coordenadora da Psicologia, Flávia Zenha.

Equipe multidisciplinar
Cães terapeutas são animais treinados e integrados a uma equipe multidisciplinar formada por profissionais de saúde e educação que ajudam na recuperação do paciente, principalmente em quatro aspectos específicos: física, cognitiva, emocional e nas relações interpessoais e como um todo.

A visita da cadela terapeuta ao HMI foi previamente agendada, com apresentação do cartão de vacina em dia, laudo do veterinário responsável e o certificado de cão terapeuta do projeto TAA da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Goiás (UFG).

Antes de ser levada ao hospital, Layka passou por uma higienização apropriada, calçou as botinhas e só pisou no chão ao entrar na unidade, onde permaneceu o tempo todo com sua dona e guia.

 

 

Compartilhe este post: