Quinta, 06 de Maio de 2021
06 de Maio de 2021
Publicidade

Criar falsas expectativas diante da pandemia é irresponsabilidade

Um dos erros do presidente Jair Bolsonaro na condução do enfretamento à pandemia do novo coronavírus é a criação de falsas expectativas, apelando para remédios sem comprovação científica de eficácia, como, por exemplo, a cloroquina e a ivermectina.


Aparecida, com o spray nasal israelense, embarcou na onda bolsonarista. O medicamento está longe de representar uma alternativa real para o tratamento da doença. E apenas um remédio que, das 3 fases exigidas cientificamente para a comprovação da eficiência de qualquer droga, está apenas na 1ª fase. Completar todas elas demandam muito tempo ainda.


É fato que Gustavo Mendanha falou em trazer não o medicamento, que não está pronto, mas os testes sobre a sua validade no tratamento da Covid-19. Mas isso não exime o prefeito da falta de responsabilidade ao criar esperanças sem fundamento e sugerir que está “trabalhando duro” para diminuir os efeitos da doença entre os moradores do município. Mesmo porque esses testes têm que ser realizados sob rigorosa supervisão científica, que Israel, a milhares de quilômetros de distância, não poderia garantir.


O spray nasal israelense, infelizmente, não passa de uma tentativa de marketing em um momento em que o sofrimento de tantas famílias com o novo coronavírus mereceria mais respeito.

Compartilhe este post: