Goiás Online

Daniel: Gustavo precisa ter “honestidade política”

O presidente estadual do MDB, Daniel Vilela, afirma que o prefeito Gustavo Mendanha precisa ter “honestidade política” para reconhecer que a sua vontade não é majoritária no partido. “Não se pode seguir apenas o desejo pessoal, mas acatar a decisão da maioria.” Daniel trabalha contra a candidatura própria do MDB e defende aliança com o DEM caiadista.

Visita a Goiás
Jair Bolsonaro (sem partido) vem hoje, 27, a Goiânia para participar de cerimônia de passagem do comandante do Comando de Operações Especiais do Exército.

Visita a Goiás II
Bolsonaro comparece amanhã, 28, ao 1º Encontro Fraternal de Líderes Evangélicos, em Goiânia, organizado pelo deputado federal Glaustin da Fokus (PSC).

Visita a Goiás III
O governador Ronaldo Caiado (DEM) estará presente nos dois eventos, ao lado do presidente Jair Bolsonaro.

Afastamento
O prefeito Gustavo Mendanha e o presidente estadual do MDB, Daniel Vilela, não comparecem a eventos oficiais juntos há meses. Tudo por conta das posições divergentes sobre o futuro do partido.

Conversa tensa
A última visita de Daniel Vilela à Cidade Administrativa, há duas semanas, ocorreu em um ambiente tenso e de constrangimento.

Sem contato
Mendanha e Daniel não se falaram mais desde a visita do governador Ronaldo Caiado (DEM) à sede do diretório estadual do MDB, no último dia 20, sexta-feira.

Nova cartada
Sem respaldo no MDB goiano para a proposta de candidatura própria à sucessão estadual, Mendanha foi buscar socorro junto a Baleia Rossi e Michel Temer, em Brasília, líderes nacionais da legenda.

Carta de Mendanha
Gustavo Mendanha vai divulgar nos próximos dias carta em defesa da candidatura própria do MDB ao governo de Goiás nas eleições de 2022.

No Diretório
Mendanha quer comparecer pessoalmente à sede do diretório estadual do MDB para entregar a carta em defesa de candidatura própria a governador.

Adiamento
O presidente Lissauer Vieira (PSB) revela que decidiu adiar o retorno das atividades da Assembleia Legislativa 100% presenciais, previsto para setembro.

Sem rompimento
Prefeito de Catalão, Adib Elias (Podemos) dá sinais de que não pretende romper com o Governo Caiado, mesmo insatisfeito com a composição do DEM com o MDB.

Escolha pessoal
Deputado estadual Bruno Peixoto (MDB) é de opinião que a escolha de candidato a vice é prerrogativa do governador. “Se ele escolheu Daniel Vilela, eu estou com Caiado.”

João Campos trabalha para disputar o Senado
Com respaldo da direção nacional do Republicanos, o deputado federal João Campos (foto) está decidido a disputar vaga ao Senado nas eleições do ano que vem. Ele busca espaço na chapa majoritária do governador Ronaldo Caiado, mas não descarta compor com Gustavo Mendanha. Campos espera que a decisão ocorra em março do ano que vem.

 

RESUMO

Na reunião do prefeito Gustavo Mendanha com membros do diretório municipal e com os seis vereadores do MDB, ninguém ousou discordar da proposta de lançamento de candidatura própria à sucessão estadual.

Um detalhe: 80% dos participantes da reunião com Mendanha ocupam cargos comissionados na Prefeitura de Aparecida de Goiânia.

Segundo detalhe: os seis vereadores emedebistas indicaram protegidos políticos para cargos de 3º, 4º e 5º escalões da gestão de Mendanha.

Euler de Morais, ex-deputado federal e ex-secretário de Governo de Maguito Vilela em Aparecida de Goiânia, integra o staff de Daniel Vilela nas articulações para garantir o MDB na aliança com o DEM caiadista às eleições de 2022.

Você pode se interessar:

Comments are closed.