EducaçãoPolítica

Deputado quer ensino de Ética nas Redes Sociais em escolas

Tramita na Assembleia Legislativa de Goiás, projeto de lei de autoria do deputado estadual Vinícius Cirqueira (Pros), que propõe a inclusão de noções da ética das redes sociais e mídias digitais, como disciplina para alunos da segunda fase do ensino fundamental.

Segundo o parlamentar, a disciplina “Ética nas Mídias Sociais” terá o objetivo de contribuir para formação de cidadãos e leitores críticos capazes de identificar, evitar e evitar o compartilhamento, combatendo a disseminação de informações incorretas.

A proposta estabelece alterações nas diretrizes e bases do Sistema Educativo do Estado de Goiás e esclarece que a ideia é inserir a temática como uma transversalidade, conforme orientam os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs).

“Nossa intenção é capacitar, por meio da inclusão da disciplina na grade escolar, os estudantes a identificar nas redes, mídias digitais e nos meios de comunicação em geral, o uso e a veiculação de conteúdos e notícias falsas, além de prepará-los para o exercício das liberdades fundamentais de forma democrática e ética”, esclarece o deputado.

Vinícius Cirqueira ressalta ainda que a relação dos jovens com as notícias que circulam na internet é preocupante. “Vivemos a era da sociedade da informação, em que a qualidade da informação que recebemos tem um papel decisivo na determinação de nossas escolhas e ações, incluindo nossa capacidade de usufruir das liberdades fundamentais e da capacidade de autonomia e desenvolvimento”, complementa.

O texto da matéria apresenta dados de pesquisas que demonstram a dificuldade dos estudantes em distinguir reportagens e conteúdos publicitários, além da velocidade de propagação de notícias falsas na rede. A proposta de lei exemplifica o contexto citando a organização não governamental The News Literacy Project, que revelou que “uma notícia verdadeira demora seis vezes mais tempo para atingir 1.500 pessoas do que uma falsa”.(Da Redação)

Arquivos relacionados