Notícias

Edição digital do Fica recebe inscrição de 131 filmes em 18 dias

Prazo para submissão de trabalho para mostra se encerra dia 27 de setembro

Cotando apenas 18 dias desde a abertura das inscrições, o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica 2020) já contabiliza 131 filmes inscritos até o início da tarde desta segunda-feira (14). Restam ainda duas semanas para o fim do prazo, em 27 de setembro. O regulamento e a ficha de inscrição estão no site oficial do evento (www.fica.go.gov.br). A 21ª edição da mostra ocorrerá entre 16 e 21 de novembro, de forma completamente digital.

Para o secretário de Estado de Cultura, Adriano Baldy, o número de inscrições demonstra o quanto o segmento de audiovisual aguardava pelo evento. “Termos mais de 130 filmes inscritos ainda na metade do prazo de encerramento, num contexto que exigiu nova formatação do Fica, demonstra que o setor de cinema confia na seriedade com que o festival é tratado pela nossa gestão”, completa.

Este ano, o governo de Goiás traz novidades aos participantes do Fica, como a bonificação de todas as obras selecionadas. Trata-se de uma taxa de seleção destinada aos filmes que forem escolhidos nas mostras competitivas do festival. Essa modalidade foi batizada de Prêmio José Petrillo e pagará R$ 3,5 mil para cada longa-metragem e R$ 2 mil para cada curta-metragem selecionado.

O montante é acumulável com outros prêmios que o filme possa vir a receber durante o festival. No total, serão distribuídos R$ 142,5 mil em premiações, que variam de R$ 2 mil a R$ 7 mil. Também haverá premiação à Mostra da Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas de Goiás (ABD), com valores de R$ 2, 5 mil e R$ 2 mil nas categorias melhor filme de ficção, melhor filme documentário, melhor filme de experimental, melhor diretor, direção de fotografia, roteiro, atuação, melhor som, trilha musical e direção de arte.

E, para auxiliar de alguma forma a cidade de Goiás, que excepcionalmente não sediará o Fica devido à pandemia de Covid-19, o Governo de Goiás criou o prêmio Goiás do Futuro. A iniciativa destinará premiações de R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 2 mil a propostas de ideias de sustentabilidade relacionadas ao meio ambiente e ao empreendedorismo que visem tornar o município mais sustentável e inovador.

 

Gustavo Martins

Estagiário supervisionado pelo editor Jorge Borges

Arquivos relacionados