Sábado, 24 de Julho de 2021
24 de Julho de 2021
Publicidade

Editorial do Diário de Aparecida: Doações

Desde o início da pandemia, em março de 2020, tanto a sociedade civil quanto a classe empresarial, ONG’s e os poderes públicos têm se unido para ajudar as pessoas em situação de vulnerabilidade, que, infelizmente, são as mais afetadas neste momento de crise sanitária e econômica. São ações que levam alimentos, produtos de higiene, roupas, dentre outros produtos, na tentativa de amortizar esse cenário de calamidade e de devolver dignidade a essa parcela da população.
O problema é que, com essa segunda onda avassaladora e a exaustão que os brasileiros se encontram, as doações estão caindo no esquecimento, justamente no momento em que ainda mais famílias estão enfrentando dificuldades. O fim do auxílio emergencial e a falta de políticas públicas sociais estão agravando a desigualdade sempre existente em nosso País.
Precisamos pensar em nós, em nossa saúde e nos cuidar, mas também precisamos auxiliar o nosso próximo, que muitas vezes não tem ao seu alcance nem o abastecimento de água para que possa higienizar as mãos corretamente. A Covid-19 mata, mas a fome, que atinge milhões de brasileiros, também. Por isso, se puder, contribua com entidades que estão fazendo um trabalho incessante de arrecadação e recolhimento de doações. Vamos ajudar o próximo, para juntos sairmos todos deste período tão difícil.

Compartilhe este post: