Sábado, 08 de Maio de 2021
08 de Maio de 2021
Publicidade

Editorial do Diário de Aparecida: Guerra ao coronavírus

O governador Ronaldo Caiado (DEM) acelerou a reação de Goiás à pandemia do novo coronavírus, no momento em pleno desenvolvimento da 2ª onda não só no Estado, mas no País e em todo o mundo. Caiado saiu a campo para garantir mais vacinas para imunizar a população goiana em todas as suas faixas etárias, no menor prazo possível, já aprovou na Assembleia a garantia de R$60 milhões para comprar 2 milhões de doses o mais rápido possível e tem encontro marcado com o embaixador da Rússia no Brasil para tratar da aquisição da Sputnik V, produzida pelo país e com eficácia já comprovada.

O governador trabalha também com determinação no front interno. Acaba de instalar mais 50 leitos de UTI, que infelizmente acabaram ocupadas em menos de 24 horas, mostrando a velocidade com que a contaminação pela nova doença está se espalhando e, pior ainda, sob a ameaça de introdução das chamadas variantes (ou mutações) do agente patogênico, que podem revelar alguma resistência ao efeito das vacinas.


Quis o destino que, nessa conjuntura difícil, tivesse Goiás a liderança de um
governador que, antes de ser político, é médico dedicado e humanitário, com conhecimento profundo da profissão e preparado, como ficou demonstrado, para a difícil circunstância com que se deparou ao assumir a gestão do Estado. Não à toa, pesquisas sucessivas têm mostrado que a aprovação das goianas e dos goianos ao comando de Caiado diante da crise trazida pela Covid-29 se situa entre 50% e 60%, indicando que a sociedade identifica o esforço e o denodo do governador para vencer essa etapa que tem sido de sofrimento para muitas famílias vitimadas pelo vírus insidioso.

Compartilhe este post: