Quarta, 28 de Julho de 2021
28 de Julho de 2021
Publicidade

Em Anápolis, Naves supera Gomide e pode vencer no 1º turno

Prefeito tem 48,9% das intenções de votos válidos contra 34% do petista; 50% mais um voto é o necessário para definir a eleição

O prefeito de Anápolis e candidato à reeleição Roberto Naves (PP) cresceu na terceira rodada da pesquisa Serpes/O POPULAR, em comparação com a segunda rodada (divulgada no dia 31 de outubro), e, segundo os números, pode vencer já no primeiro turno das eleições. Isso porque, nos votos válidos – cenário que não considera os votos brancos, nulos e abstenções, e que é utilizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para definir o vencedor -, o prefeito aparece agora com 48,9% da preferência do eleitor. Para ser eleito na primeira etapa, um candidato precisa de 50% mais um voto válido.

Com a margem de erro de 4,9 pontos porcentuais para mais ou para menos, a possibilidade de vitória já no primeiro turno existe, apesar de ainda não estar consolidada. Isso porque a faixa do índice do pepista, considerando a margem de erro, vai de 44% a 53,8% nos votos válidos. No cenário de votos gerais, considerando brancos, nulos e abstenções, Roberto Naves é o primeiro com 38,4% da preferência do eleitor anapolino – 7,7 pontos porcentuais a mais do que no levantamento anterior.

O deputado estadual e ex-prefeito do município Antônio Gomide (PT) está em segundo lugar na terceira rodada da pesquisa, agora com 26,7%. Ele teve uma variação negativa de 2,2 pontos porcentuais em comparação com a rodada anterior. O petista vê Roberto Naves, seu principal adversário, abrir 11,7 pontos. A diferença ultrapassa a margem de erro e consolida o pepista em primeiro já que, na segunda rodada, havia empate técnico. Em votos válidos, o porcentual de Gomide corresponde a 34%.

As três rodadas das pesquisas Serpes mostram uma virada de Naves sobre Gomide. Na primeira rodada (divulgada no dia 10 de outubro), o pepista apareceu em segundo lugar, com 24,9 pontos porcentuais atrás do petista. Naquela data, os números apontavam para a vitória de Gomide no primeiro turno.

Já na segunda rodada, Naves reagiu e a pesquisa apontou empate técnico, com o pepista numericamente à frente. Do total, 30,7% dos entrevistados disseram que votariam no prefeito, enquanto que 28,9% preferiam o petista, com margem de erro de 4,9 pontos. O cenário mostrado naquela ocasião era de imprevisibilidade. A nova rodada mostra que Naves não parou de crescer e agora, segundo os números, é o favorito na disputa.

 

Demais candidatos

Os números das duas rodadas anteriores da pesquisa em Anápolis mostraram um cenário polarizado entre Roberto Naves e Antônio Gomide. Essa situação permanece no levantamento atual. O terceiro colocado na disputa é o empresário Márcio Correa (MDB) com 6%, bem atrás dos dois líderes. Em comparação com a rodada anterior, o emedebista teve uma variação positiva de 0,2 ponto.

O advogado Valeriano de Abreu (PSL) aparece em quarto com 4% das intenções (era 5%). O ex-deputado José de Lima (Patriota) soma 1,5% (era 2,5%). O ex-prefeito João Gomes (PSDB) tem 1%. Josmar da Mouragás (PRTB) vem na sequência mantendo os 0,5% da rodada anterior e agora está empatado com o Delegado Federal Humberto (PSD). Já o recepcionista Douglas Carvalho (Psol) tem 0%.

Dentre os entrevistados, 7,5% disseram que anularão o voto ou não vão votar. O porcentual de eleitores que ainda não decidiu é de 13,7%.

 

Segundo turno

A terceira rodada da pesquisa em Anápolis mostra que, caso haja um segundo turno, o prefeito e candidato à reeleição Roberto Naves (PP) é favorito para vencer. Em simulação de um cenário do pepista contra o deputado estadual Antônio Gomide (PT), Roberto teria 47,9% contra 31,9% de Gomide. A diferença de 16 pontos está fora da margem de erro de 4,9 pontos porcentuais para mais ou para menos.

Numericamente, Naves tem na rodada atual mais do que o dobro das intenções de votos no segundo turno contra o petista, se comparado com a primeira rodada, publicada em 10 de outubro. Neste levantamento inicial, Gomide liderava o cenário de disputa direta contra o atual prefeito com 50,9%, enquanto o pepista tinha 23,7%.

Na segunda rodada, divulgada dia 31 de outubro, a evolução do cenário de segundo turno acompanhou o cenário geral estimulado do primeiro turno – Naves assumiu a liderança com 44,6% nas intenções de voto contra 37,4%. Apesar de numericamente na frente, o cenário de segundo turno indicava empate técnico.

Na rodada atual, 11,5% dos entrevistados responderam que anulariam o voto em um hipotético segundo turno de Naves contra Gomide. Do total, 8,7% disseram que ainda não se decidiram.

 

Espontânea

O prefeito Roberto Naves também lidera o levantamento espontâneo da terceira rodada da pesquisa Serpes/O POPULAR. Neste cenário, o entrevistado indica em quem ele pretende votar sem que lhe seja fornecido nenhuma cartela ou opções de candidatos. O levantamento espontâneo serve para medir o voto consolidado. Neste caso, o pepista lidera com 31,4% da preferência do eleitor. O deputado Antônio Gomide vem em segundo com 22,9%.

No desenvolvimento das intenções de voto entre as três rodadas da pesquisa, Gomide tinha 24,9% das intenções de voto espontâneas no primeiro levantamento – teve variação negativa para 21,7% no segundo e na pesquisa atual aparece com leve variação positiva.

Já Roberto Naves começou com 9,2%, subiu para 27,2% na segunda rodada e, agora, teve oscilação positiva. Assim como no cenário estimulado, a margem de erro na espontânea também é de 4,9 pontos porcentuais para mais, ou para menos.

Os outros candidatos à prefeitura de Anápolis pouco tiveram alterações na espontânea, se comparada a última rodada com a atual. O empresário Márcio Correa (MDB) continua em terceiro com 4,7% das intenções de voto. Na rodada de 31 de outubro, o emedebista tinha 5%. O advogado Valeriano de Abreu (PSL) aumentou um ponto porcentual de seus votos consolidados – tinha 2,7%, agora tem 3,7%.

Todos os demais ficaram com menos de 1% da preferência do eleitorado, segundo a rodada atual da pesquisa. O ex-deputado estadual José de Lima (Patriota) tem 0,7% (tinha 1% na rodada anterior). O índice do ex-prefeito João Gomes (PSDB) também é 0,7% (era 0,5%). O candidato Josmar da Mouragás (PRTB) viu suas intenções espontâneas crescerem de 0,2% para 0,5%, enquanto que o Delegado Federal Humberto (PSD) teve uma variação negativa de 0,7% para 0,5%. O recepcionista Douglas Carvalho (Psol) tinha 0,5% no levantamento anterior e agora não foi citado. A pesquisa ainda mostra que 7% dos entrevistados disseram que votarão nulo (eram 7,5%) e 27,7% ainda não se decidiram (eram 32,9%).

 

Rejeição

Os dois candidatos que polarizam a disputa em Anápolis, segundo a pesquisa, também são os mais rejeitados. A diferença é que o prefeito e candidato à reeleição Roberto Naves (PP) sofre rejeição de 15% do eleitorado, enquanto que seu principal adversário, o deputado estadual Antônio Gomide (PT), tem uma parcela bem maior do eleitorado anapolino que diz não votar nele de jeito nenhum – 27,4%, de acordo com a terceira rodada da pesquisa. O índice de rejeição do petista é ligeiramente inferior ao da última rodada (era 28,2%), mas bem diferente da primeira pesquisa, quando apenas 11% dos entrevistados disseram que não votariam nele. A rejeição de Naves variou dentro da margem de erro nos três levantamentos – no primeiro era de 16,7% e, no segundo, 13,5%.

Dos demais candidatos, Valeriano de Abreu é o único que tem mais de 10% de rejeição no levantamento atual – 13% dizem que não votariam nele de jeito nenhum. João Gomes e José de Lima (ambos com 7,7%) e Douglas Carvalho (7,5%) aparecem embolados com índices na casa de 7%. Delegado Federal Humberto tem 6,2% na rejeição, enquanto que Josmar da Mouragás (4,7%) e Márcio Correa (4%) fecham a lista. Do total, 43,1% responderam que não rejeitam ninguém, enquanto que 2,7% disseram que não decidiram.

A pesquisa entrevistou 401 eleitores do município no dia 12 de novembro de 2020. O nível de confiança é de 95% e a pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-GO), como manda a legislação, com o número GO-07080/2020. (Da Redação)

 

Compartilhe este post: