Sexta, 05 de Março de 2021
05 de Março de 2021

Estatal criada por Gustavo Mendanha para apoiar indústrias não saiu do papel

Empresa estatal é mais um órgão adicionado à estrutura administrativa do município que já tem titular nomeado, mas não funciona

Criada no fim do ano passado, através de projeto de lei devidamente votado pela Câmara Municipal quando o prefeito Gustavo Mendanha (MDB) já estava reeleito, a CODAP – Companhia de Desenvolvimento de Aparecida já tem presidente nomeado, mas segue no papel.

A CODAP foi criada, segundo a justificativa da prefeitura anexada ao projeto de lei aprovado pelos vereadores, para administrar os distritos industriais do município bem como definir a implantação de novos, oferecendo suporte ao setor produtivo industrial a fim de atrair novas empresas para a cidade e facilitar a vida das que já estão instaladas em Aparecida.

Em entrevista exclusiva ao Diário de Aparecida, o presidente nomeado da CODAP, Luiz Maronezi, ainda não sabe quando a companhia vai funcionar de fato.  “Ainda estamos em fase de finalização. Estamos nos inteirando de tudo o que tem e de tudo o que precisa ser feito. Estamos terminando a fase de providências legais, para depois a empresa começar a funcionar Companhia para depois ela fazer funcionar.” 

Segundo Maronezi, “a CODAP tem a finalidade de ajudar a atrair empresas para Aparecida, além de apoiar as atuais, colaborando com a implantação de novos polos industriais, permitindo geração de empregos, além de buscar o desenvolvimento tecnológico do município. Vamos trabalhar em tudo isso.”

O presidente prevê que a nova estatal municipal estará em plena atividade em 30 dias. “Vai funcionar nesse prazo. E vai ter um papel importante em relação às empresas já existentes, na área fiscal, na regularização dos terrenos que elas ocupam, uma série de coisas. Acredito que a criação da CODAP ainda vai ser reconhecida como um passo muito grande que Aparecida está dando. Todas as empresas serão beneficiadas”, garantiu.

Maronezi destacou a perseverança do prefeito Gustavo Mendanha para que se chegasse à criação da companhia. “Foi muito inteligente por parte da prefeitura criar a CODAP”. Questionado sobre o local onde vai funcionar a empresa, já que outras secretarias municipais adicionadas ao município na “reforma administrativa” do final do ano até hoje não têm instalações físicas, o presidente disse que, “a princípio, ela vai ficar na sede da ACIAG. A CODAP ainda não está operando. Estamos organizando a documentação, definindo a base jurídica, formando o quadro de pessoal. Quero concluir isso o mais rápido possível para começar a entregar resultados.” 

Por Redação

Compartilhe este post: