Domingo, 07 de Março de 2021
07 de Março de 2021

Frente de serviço vai recapear 162 mil metros quadrados de ruas e avenidas do setor Garavelo

Todas as vias do bairro serão recuperadas. Objetivo é recuperar a massa asfáltica que foi recortada para obras de saneamento

O município de Aparecida de Goiânia segue obstinado em sua meta de conquistar índices de qualidade de vida cada vez mais satisfatórios para todos. Mesmo com a crise econômica causada pelo coronavírus, o que acabou refletindo significativamente na arrecadação de estados e municípios no Brasil, a cidade tem sido exemplo nacional de inovação dos métodos de governança para aproveitar de forma cada vez mais inteligente a receita.

Neste sentido, a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), lançou nesta sexta-feira, 1º, mais uma obra de recapeamento que tem como objetivo revitalizar a malha viária do município onde o serviço de tapa buraco não é mais eficaz, melhorando com isso a trafegabilidade dos veículos. A ação, iniciada neste Dia do Trabalhador, contemplará todas as ruas e avenidas do setor Garavelo.

A ação faz parte do projeto Recap, que visa a melhoria de 3,5 milhões de metros quadrados da malha viária do município, em 33 bairros. De acordo com a Seinfra, o projeto já beneficiou vias dos setores Papillon Park, Vila Brasília, Jardim Alto Paraíso, Cruzeiro do Sul e agora entra no Garavelo, focando principalmente nas ruas que receberam a implantação das redes de esgoto da Saneago em 2019 e início de 2020.

O trabalho, segundo a Seinfra, será desenvolvido em conjunto das secretarias de Desenvolvimento Urbano e a Secretaria Executiva de Mobilidade e Trânsito (SMTA) que farão os serviços de sinalização das ruas e pintura de meio fio.

O início dos trabalhos contou com a presença apenas do prefeito Gustavo Mendanha, do secretário de Infraestrutura, Mário Vilela, dos vereadores da região e do presidente da Câmara Vilmar Mariano (MDB), para respeitar as ordens das autoridades de Saúde, evitando aglomeração. Todos usaram máscara, assim como os trabalhadores da Infra que executam o serviço.

“Os pedestres, ciclistas e condutores poderão trafegar com mais segurança. A nossa expectativa é recapear, até o final do ano, os pontos que estão com a malha viária defasada porque foram asfaltados há muito tempo ou por terem grande fluxo de veículos. O Garavelo é uma das regiões mais importantes da cidade, com o comércio muito forte, por isso é necessária uma infraestrutura de qualidade”, destacou o prefeito Gustavo Mendanha.

Segundo o secretário de Infraestrutura, Mário Vilela, serão recapeados 23 quilômetros de ruas e avenidas do setor. Os trabalhos serão realizados pela equipe da Seinfra. “O material (massa asfáltica) mais comum para execução de recapeamentos e novas capas asfálticas é o CBUQ, que é o concreto betuminoso usinado a quente. Esse material é usinado à frio, e mais resistente. Associando os dois serviços, resolvemos o problema da malha viária. Após o recapeamento, a rua terá cinco anos sem novos danos, o gera economia na manutenção”, detalhou o secretário.

 

Compartilhe este post: