Domingo, 20 de Junho de 2021
20 de Junho de 2021
Publicidade

Gestor que se diz moderno, Mendanha tem equipe de 26 homens e uma mulher

Prefeitos como Fernando Pelozzo, de Senador Canedo, têm mulheres na metade do secretariado, mas em Aparecida a única presença feminina na equipe da prefeitura é a primeira-dama Mayara Mendanha

As mulheres do mundo inteiro passaram séculos lutando para abrir espaço na sociedade e se igualar aos homens. Em alguns lugares, essa luta continua. Mas, seja como for, o machismo que elas enfrentam ainda está por toda parte. Como, por exemplo, na equipe de secretários do prefeito de Aparecida Gustavo Mendanha, um político e um gestor jovem que gosta de vender uma imagem de modernidade. Entre os auxiliares de Mendanha nas 27 pastas da prefeitura, pasmem, leitores, há 26 homens e apenas uma mulher.

Mayara Mendanha, casada com Gustavo Mendanha e, portanto, primeira-dama do município, é a única representante do sexo feminino no secretariado de Aparecida. Ela ocupa a Secretaria de Ação Comunitária, mas não como conquista de espaço ou representante das mulheres e sim porque é a esposa do prefeito.

Fora daí, são só homens. De cabo a rabo. Imagina-se que em Aparecida existam, sim, mulheres capacitadas, em ramos como a advocacia, a medicina, a administração de empresas, a educação e tantas outras áreas de atuação onde elas se empoderaram, refletindo a marcha civilizatória do mundo contemporâneo. O problema é que o prefeito ou não enxergou essa nova realidade social ou então simplesmente não quis contemplar mulheres no seu secretariado.

Já em Senador Canedo, também município vizinho a Goiânia, das 20 secretarias da prefeitura, quase a metade ou nove são comandadas por mulheres, que estão na Saúde, na Assistência Social e até na Infraestrutura, posto normalmente reservado a homens. Para o prefeito Fernando Pelozzo, do PSD, “não foi difícil encontrar mulheres capacitadas para estar à frente das pastas. Estou muito satisfeito com a composição deste time, pois temos uma equipe de extrema competência. Quem tem a ganhar com isso é a população de Senador Canedo”, disse ele. Municípios como Trindade e Anápolis também saíram na frente com cinco e quatro mulheres indicadas nos respectivos quadros de auxiliares das suas prefeituras.

Leia mais na edição online: https://diariodeaparecida.com.br/

Compartilhe este post: