D2Goiás

Goiás registra crescimento de 24,7% do setor de serviços em junho

O setor de serviços goiano apresentou crescimento de 24,7% em junho, comparado com o mesmo mês do ano passado, o que corresponde a 3,6% superior à média nacional, que fechou em 21,1%. Os dados foram divulgados pela Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O indicador garante 25,5% de aumento na receita nominal das empresas do setor no mês. Atrelada à contínua aceleração das atividades, a expectativa com a alta das arrecadações é de aumento do volume de serviços, mais investimentos, e abertura de novas vagas de trabalho.

Todas as atividades do setor apresentaram alta no mês, sendo os serviços prestados às famílias os que mais cresceram na comparação com junho do ano passado – o aumento das contratações foi de 152,6%. Os serviços profissionais, administrativos e complementares também apresentaram expressivo crescimento de 24,8%, que foi acompanhado pelos transportes, serviços auxiliares aos transportes e correios (22,2%).

Titular da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Serviços, José Vitti avaliou que os números divulgados pelo IBGE são reflexo das políticas que o governador Ronaldo Caiado adotou para fortalecer a economia goiana. “Podemos ver que as famílias estão voltando a contratar serviços de alojamento, alimentação, educação não continuada, cultura, lazer. Isso é resultado na ponta das ações para fortalecer a economia goiana.”

 

Resultado semestral

Na comparação com os números de janeiro a junho de 2020, no primeiro semestre do ano, Goiás apresenta crescimento de 13,9% no volume de contratações de serviços, e 15,5% nas receitas nominais com o setor. Os indicadores colocam o Estado em sétimo lugar nacional no crescimento do volume de serviços no semestre.

Você pode se interessar:

Comments are closed.

Mais em:D2