Quarta, 21 de Abril de 2021
21 de Abril de 2021
Publicidade

Governo de Goiás irá investir R$ 1 milhão na reconstrução do aeródromo de Crixás

Goinfra vai dotar o espaço, que hoje conta apenas com pista de pouso e decolagem, da infraestrutura necessária para homologação junto à Anac. Em dois anos, governador Ronaldo Caiado já colocou em operação 15 aeroportos

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), vai investir R$ 1 milhão na reconstrução do aeródromo de Crixás, município do Norte goiano. A gestão do governador Ronaldo Caiado já contabiliza 15 aeroportos entregues em dois anos e há, em reforma, a unidade de Morrinhos e, agora, Crixás. A obra conta com apoio da iniciativa privada, parceria que foi selada nesta quarta-feira (07/04), em reunião entre o presidente da agência, Pedro Sales, o vice-governador Lincoln Tejota, o prefeito Carlos Seixo e representantes de empresas locais.

A gestão da unidade foi cedida ao Estado pelo município, o que permite à Goinfra realizar as intervenções necessárias. “Este será o primeiro aeródromo a ser feito ‘do zero’ sob a nossa gestão”, destaca o presidente Pedro Sales. “A partir deste modelo de aeródromo funcional, iremos montar um complexo sem estruturas desnecessárias e com investimento enxuto”, celebrou. A reconstrução do local é necessária para a homologação do aeroporto junto à Agência Nacional de Avião Civil (Anac) e as obras estão previstas para durar seis meses.

O vice-governador Lincoln Tejota enfatiza a importância do aeródromo para o Norte do Estado, que hoje dispõe apenas da pista de pouso e decolagem. “É uma obra que vai impulsionar a economia local facilitando o acesso de novas empresas e negócios à região”, afirma.

Parcerias
Sales explica que, com a parceria público-privada, será possível agilizar a execução dos projetos de engenharia para que as frentes de serviços sejam iniciadas. “É uma integração que trará bons frutos. Muito em breve teremos mais um aeroporto referência, com aporte da Goinfra e o reforço da mineradora Serra Grande no intuito de alcançar uma estrutura de excelência”, destaca.  

Gerente de Aeródromos da Goinfra, Paulo Lemes explica o que será feito no local. “Iremos recuperar o pavimento asfáltico da pista de pouso e decolagem, que agora terá 1.350 metros de extensão por 22 metros de largura”, pontua.

Dentro do projeto de reconstrução, a Goinfra vai construir uma taxiway e o pátio de aeronaves, com 1.800 metros quadrados, além de implantar um estacionamento de veículos e uma via de acesso à rodovia GO-347 com trevo. “Também faremos a fixação de barreiras de proteção operacional em todo o perímetro e a execução da sinalização horizontal e vertical no espaço”, enumera o gerente de aeródromos.

Ampliação
O Governo de Goiás já revitalizou e colocou em funcionamento 15 aeródromos em dois anos – Aruanã, Campos Belos, Ceres, Mozarlândia, Niquelândia, Palmeiras de Goiás, Pirenópolis, Porangatu, Posse, Quirinópolis, São Miguel, Uruaçu, Aragarças e Santa Helena de Goiás. No momento, a Goinfra executa melhorias na unidade de Morrinhos, próxima a ser entregue.

Entre as metas da gerência de Aeródromos para o aperfeiçoamento das unidades está a homologação do balizamento noturno em Quirinópolis, São Miguel do Araguaia, Uruaçu e Pirenópolis, o que permitirá que as unidades também recebam voos durante a noite.

Compartilhe este post: