Domingo, 20 de Junho de 2021
20 de Junho de 2021
Publicidade

Governo de Goiás já liberou R$ 30 milhões a juro zero a pequenos empreendedores

O Governo de Goiás, por meio da GoiásFomento, já liberou R$ 30,134 milhões em financiamentos do Programa Estadual de Apoio ao Empreendedor (Peame), desde que ele foi lançado, no dia 16 de março, até a quinta-feira (06/05). Ao todo, foram aprovadas 1.586 propostas, das quais 536 de pessoas físicas e 1.050 de pessoas jurídicas.

O Peame disponibilizou R$ 112 milhões para linhas de crédito especiais, com taxa de juros 100% subsidiada pelo Governo Estadual e carência estendida. O principal objetivo do programa é socorrer os micro e pequenos empresários, microempreendedores individuais (MEI) e trabalhadores autônomos do Estado, além de feirantes e motoristas de aplicativo, diante das dificuldades financeiras impostas pela segunda onda da pandemia de Covid-19.

Solicitações
Segundo o presidente da GoiásFomento, Rivael Aguiar, foi registrada grande demanda pelas linhas de crédito especiais do Peame. Para atender todas as solicitações, a Agência reforçou a equipe que realiza o trabalho de análise dos contratos. “Sabemos das dificuldades que os micro e pequenos empreendedores estão enfrentando, por isso a meta principal é facilitar, ao máximo, o acesso ao crédito, para que eles possam manter seus negócios e os empregos”, afirmou.

Rivael declarou que a GoiásFomento busca agilizar, cada vez mais, a análise dos processos. O cadastro foi simplificado e uma série de documentos, que era exigida anteriormente, foi retirada da proposta. Com a adoção dessas medidas, a instituição financeira está conseguindo aprovar um número maior de contratos em um menor período de tempo.

O balanço da instituição financeira, relativo à última quinta-feira (06/05), apontou que outros 3.552 processos estão na fase de análise de crédito e 4.064 se encontram na etapa da análise dos documentos.

Contemplado
José Luiz Jacinto da Silva, proprietário do restaurante PoisZé, localizado em Aparecida de Goiânia, foi um dos primeiros empreendedores contemplados com uma linha de crédito especial do Peame. No caso dele, o financiamento foi o da modalidade Turismo. “O empréstimo a juro zero do Governo me ajudou bastante”, afirmou. Ele explicou que o seu negócio passou por um momento “muito delicado”, com as portas fechadas (devido ao rodízio imposto no município pela política de enfrentamento da pandemia). Isso trouxe momentos críticos com folha de pagamento dos funcionários e impostos, além da quitação de férias, ou seja, toda a organização financeira do restaurante foi afetada.

“A gente acaba entrando em um desequilíbrio total, por conta de fluxo de caixa, porque, de cara, não tem rendimento, e as despesas continuam sendo muito altas”, disse. Conforme José Luiz, o recurso financeiro obtido junto à GoiásFomento veio para socorrer o negócio, para salvar sua empresa.

“Hoje já deu para eu quitar todas as pendências que tinha, colocar as folhas de pagamento em dia e me tirou do vermelho. Hoje consigo atualizar as minhas despesas. E com o retorno do comércio, ainda que com a capacidade reduzida, aos poucos vamos nos reerguer”, afirmou, esperançoso.

Atendimento
Para ter acesso às linhas de crédito especiais do Peame, o primeiro passo é acessar o site www.goiasfomento.com, que contém todas as informações, assim como o telefone do atendimento da Agência de Fomento, o número (62) 3216-4900, o WhatsApp (62) 3216 4999 e, ainda, os contatos telefônicos dos correspondentes de crédito, cuja lista consta no site. O Sebrae Goiás (fone 0800-570-0800) também está prestando apoio à instituição financeira no serviço de atendimento.

Compartilhe este post: