Quarta, 21 de Abril de 2021
21 de Abril de 2021
Publicidade

Governo de Goiás vai executar obras em cerca de 1.600 quilômetros de rodovias

Meta para os próximos dois anos prevê investimentos em torno de R$ 1,8 bilhão. “Vamos fazer de Goiás referência em rodovias e pontes”, garante governador Ronaldo Caiado. Presidente da Goinfra, Pedro Sales, anuncia, também, lançamento de aplicativo em que usuário poderá interagir sobre situação de rodovias

O Governo de Goiás e a Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) mantêm como uma das prioridades para o próximo biênio a pavimentação e recuperação da malha viária no Estado. No total, serão 1.579 quilômetros de obras de pavimentação, restauração e duplicação, que vão atender 40 importantes trechos da malha rodoviária goiana.

“Vamos fazer de Goiás referência em rodovias e pontes”, garante o governador Ronaldo Caiado. “Temos que superar esse lado de que obra é feita para fabricar dinheiro para campanha eleitoral ou enriquecer pessoas que estão no seu comando”, complementa. Para alcançar a meta, o Governo de Goiás prevê investimentos de cerca de R$ 1,8 bilhão para os próximos dois anos.

O presidente da Goinfra, Pedro Sales, reforça que, além de atender os trechos prioritários, a Agência irá manter as equipes de manutenção em todos os cantos de Goiás para garantir a trafegabilidade nas rodovias. “Seguiremos com nosso cronograma, que mantém frentes de serviços e homens espalhados pelo Estado, garantindo, assim, a boa condição nos trechos”, sentencia.

Entre as duplicações, serão contemplados: 41 quilômetros da GO-020/139/147, entre Bela Vista de Goiás e Cristianópolis; 25 quilômetros da GO-020/139, entre Cristianópolis e o entroncamento da GO-217; 40 quilômetros da GO-139, entre os entroncamentos da GO-217/213; 14 quilômetros da GO-070, na região da cidade de Goiás; 63 quilômetros na GO-080, entre Nerópolis e o entroncamento da BR-153; e 3,8 quilômetros na GO-330, na entrada de Catalão.

Resultado de parceria do Governo de Goiás com o Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), será concluída a pavimentação de cinco rodovias no Estado. São elas: 20 quilômetros da GO-132, entre Minaçu e Colinas do Sul; 32 quilômetros da GO-174, entre Diorama e Montes Claros; 52 quilômetros da GO-230, entre Água Fria de Goiás e Mimoso de Goiás; 38 quilômetros da GO-347, de Santa Terezinha de Goiás a Nova Iguaçu; e 17 quilômetros da GO-439, entre Pilar de Goiás e Guarinos.

Prevista também a pavimentação de 18 trechos de rodovias, com recursos oriundos do Tesouro Estadual. São 62 quilômetros da GO-454, na divisa entre Goiás e Mato Grosso; 65 quilômetros da GO-239, na região de Bandeirantes no noroeste goiano; 87 quilômetros da GO-334, entre Nova América e Mozarlândia; 44 quilômetros da GO-336, de Crixás a Nova Crixás; 53 quilômetros da GO-156, de Uirapuru a Santa Marta; 37 quilômetros da GO-154, de Novo Planalto ao Cruzeiro do Norte; 37 quilômetros da GO-132, entre Niquelândia e Colinas do Sul; 103 quilômetros de três trechos da GO-110, na região nordeste de Goiás; 15 quilômetros na GO-591, entre Cabeceiras e divisa entre Goiás e Minas Gerais; 27 quilômetros da GO-473, entre Vila Propício e Lagolândia; 7 quilômetros da GO-338, entre e o entroncamento da GO-080 e Malhador; 69,2 quilômetros da GO-184, na região de Jataí; 71 quilômetros da GO-306, na região de Mineiros; 62 quilômetros da GO-447/112, entre Divinópolis de Goiás e o entroncamento da GO-118; 7,7 quilômetros no Anel Viário no entroncamento da BR-060 e Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia); além da pavimentação de 13,5 quilômetros da GO-451, entre Campo Limpo de Goiás e o entroncamento da GO-433.

O Governo de Goiás também irá restaurar 42,3 quilômetros da GO-330, entre Anápolis e o entroncamento da GO-010; 15,5 quilômetros da GO-326, entre Sanclerlândia e Buriti de Goiás; e 72,2 quilômetros, entre Claudinápolis, Anicuns e Sanclerlândia; além de concluir 111,5 quilômetros da GO-060, entre Firminópolis e Iporá. Serão restaurados, ainda, 18,6 quilômetros da GO-418, na região de Fazenda Nova; 18,4 quilômetros da GO-173, entre Israelândia e Jaupaci; 2,5 quilômetros da GO-414, entre a GO-020 e  Roselândia; sendo também restaurada a duplicação da GO-206, em Itumbiara.

Em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Regional, serão executadas obras de restauração em 70 quilômetros da GO-142, entre Formoso e a divisa com o Tocantins; 17 quilômetros da GO-174, na região de Montes Claros; e 90 quilômetros da GO-184, entre Itumirim, Aporé e trevo para Cassilândia.

Aplicativo

Além das inúmeras frentes de serviço que serão abertas em 2021, o presidente da Goinfra, Pedro Sales, cita mais uma novidade para este ano: o lançamento de um aplicativo da Goinfra, por meio do qual os cidadãos poderão mandar fotos e preencher formulários, no intuito de informar de maneira mais direta e rápida, sobre a situação das rodovias. “Vamos ter 7 milhões de fiscais”, comentou o presidente da agência, em alusão ao número de habitantes no Estado.

Sinalização

Todos os 1.600 quilômetros contemplados pelo plano de obras da Goinfra, para o biênio 2021-2022, devem receber a nova sinalização com a utilização de faixas mais largas, com 15 centímetros, que vai garantir melhor visibilidade aos motoristas nas rodovias estaduais. As estradas também receberão modernas placas de trânsito e tachas demarcadoras de pistas feitas com materiais ultrarrefletivos.

O Eixo Sinalização do Programa Goiás Em Movimento tem o objetivo de modernizar a sinalização de toda a malha rodoviária estadual para proporcionar mais segurança aos usuários.   Fonte: Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) – Governo de Goiás /   Foto: Goinfra

 

Compartilhe este post: