Sábado, 08 de Maio de 2021
08 de Maio de 2021
Publicidade

Governo do Estado já liberou, em 2020, mais de R$ 12 milhões para construção de moradias

Casa própria já é realidade para 3 mil famílias

Da Redação

A parceria é o caminho trilhado pelo governador Ronaldo Caiado para conseguir zerar o déficit habitacional em Goiás, que, atualmente, gira em torno de 150 mil unidades. Foi o que afirmou em Córrego do Ouro, segundo município visitado nesta quinta-feira (17), e que conta com menos de 3 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “Esse é um trabalho muito importante, que nossos deputados estaduais e federais apoiam, que o presidente [Jair] Bolsonaro está ajudando com a criação do programa Casa Verde Amarela”, disse Caiado.

Com trabalho conjunto, em menos de dois anos de gestão, o governador já entregou cerca de 3 mil unidades habitacionais em 13 municípios goianos, cujo investimento estadual supera os R$ 30 milhões. Além de Santo Antônio e Córrego do Ouro, contempladas nesta quinta-feira, integram a lista Nova Veneza, Bonfinópolis, Barro Alto (Distrito de Souzalândia), Valparaíso, Anápolis, Goiânia, Guarinos, Luziânia, Cidade Ocidental, Porangatu e Planaltina.

Mesmo diante da pandemia, os investimentos continuam. Somente em 2020, o Governo de Goiás já liberou R$ 12 milhões da contrapartida do Estado para garantir novas unidades habitacionais. Atualmente são mais de 4,6 mil moradias em construção por todo território goiano, sendo 2,5 mil em estágio avançado de execução.

A meta estabelecida pelo governo estadual é chegar a 20 mil unidades prontas até o fim da atual gestão. Este ano, a Agehab já celebrou convênios para construção de 3.923 unidades habitacionais em 18 municípios, com investimento de aproximadamente R$ 52 milhões, oriundos do tesouro estadual. Também foram firmados convênios com prefeituras e entidades para construção de 25 equipamentos comunitários em 18 municípios, que totalizam R$ 3,7 milhões em recursos.

Compartilhe este post: