Domingo, 11 de Abril de 2021
11 de Abril de 2021

Gracinha Caiado: “Segurança e proteção para as goianas, hoje, são avanço histórico nunca visto”

Primeira-dama fala com exclusividade ao Diário de Aparecida

Da Redação

A passagem do Dia Internacional da Mulher, nesta segunda, 8 de março, comemorado em todo o mundo, é ressaltada pela primeira-dama Gracinha Caiado com um balanço sobre as ações do governo do seu marido Ronaldo Caiado na valorização e na proteção da mulher em Goiás. Em especial, ela diz que o maior avanço conquistado a implantação de uma política rigorosa de segurança capaz de reprimir todo tipo de ofensa à mulher e punir os responsáveis sem a menor condescendência, dando garantia para que as vítimas possam viver sem medo e com toda a dignidade. Nesta página, em entrevista exclusiva, Gracinha Caiado mostra o saldo de 26 meses de atuação firme, ao lado de Caiado, em defesa das mulheres goianas. 

Depois de 2 anos e 2 meses como primeira-dama, o que foi feito pela valorização da mulher em Goiás?

GRACINHA CAIADO – Desde o primeiro momento do governo de Ronaldo Caiado as mulheres tiveram protagonismo, ocupando os mais importantes cargos dentro do primeiro escalão do governo, hoje com nossas secretárias da Educação, Economia, Meio Ambiente, Desenvolvimento Social, na chefia da Procuradoria-Geral do Estado e no comando da OVG.

 E assim, posso afirmar, Ronaldo sempre agiu ao longo de toda sua vida, procurando se cercar de pessoas honestas e competentes, sem olhar gênero, raça ou qualquer característica externa para definir aquelas pessoas da sua confiança. 

Posso citar o apoio ao crescimento profissional por meio do Programa Universitário do Bem (ProBem), por exemplo, que hoje atende 4 mil universitárias, uma maioria de 71% dos 6 mil alunos contemplados. 

Hoje, quase metade do público atendido pela GoiásFomento em programas de créditos para empresários é composto por mulheres empreendedoras. Em 2020, foram R$ 30,9 milhões em empréstimos destinados a elas. 

Também está sendo desenvolvido, no âmbito da Secretaria da Retomada, o Sistema do Artesanato de Goiás, que vai dar todo o apoio para que esses verdadeiros artistas, que mantem vivas as tradições da cultura goiana, possam ser cada vez mais valorizados no mercado nacional e internacional, gerando renda para milhares de famílias, lembrando que, hoje, cerca de 80% dos nossos artesãos são mulheres. Então, esses são alguns exemplos da forma como o governador Ronaldo Caiado trabalha, valorizando a mulher goiana em suas diferentes necessidades, dentro de suas múltiplas capacidades e talentos. 

Em especial, qual o balanço das ações do governo Ronaldo Caiado na proteção às mulheres diante da violência doméstica e das agressões em geral?

GRACINHA CAIADO – O Pacto Goiano Pelo Fim da Violência Contra a Mulher foi criado para o desenvolvimento de uma série de ações integradas para promover esse combate efetivo contra a violência doméstica. Desta forma, a secretaria de Segurança Pública e a secretaria de Desenvolvimento Social, com o apoio de todo o governo, têm agido para que este mal não seja mais tolerado na sociedade goiana. 

Entre agosto de 2019 e janeiro de 2021, foram cinco operações policiais que tiveram como alvo pessoas acusadas de violência sexual e crimes relacionados à Lei Maria da Penha. Foram 459 violentadores que foram tirados das ruas, entre eles, foi preso um homem que ficou conhecido como o maior estuprador em série da história de Goiás e um dos maiores do país. 

Em 2020, foi criado o Batalhão Maria da Penha, ampliando a estrutura para cumprimento desta lei. O batalhão já realizou 1.874 acompanhamentos de medidas protetivas, 41 apoios policiais e 24 averiguações de denúncias de violência doméstica. 

Também temos em atividade em todo o Estado de Goiás o Alerta Maria da Penha, que funciona dentro do aplicativo Goiás Seguro e é uma ferramenta a mais de proteção. 

Também foi criada a Sala Lilás, para atendimento de exame de corpo de delito voltado exclusivamente para mulheres e crianças vítimas de violência. 

Os espaços já funcionam em Goiânia e Aparecida de Goiânia e contam com equipe multiprofissional para esse trabalho, dentre muitas outras ações de diálogo, capacitação profissional e campanhas de conscientização em prol do combate à violência contra a mulher. 

O que a sra. destacaria como o ponto alto da política do atual governo em favor das mulheres goianas?

 GRACINHA CAIADO – Em Goiás, onde 50,4% da população é composta por mulheres, as mães de família que muitas vezes passam por dificuldades são as mais beneficiadas. Quando se regionaliza a saúde, com o estabelecimento de atendimento especializado em todas as regionais de saúde do Estado, se beneficia aquelas mulheres que estão doentes ou que acompanham o filho, o esposo, os pais ou algum parente doente e que antes precisavam deslocar grandes distâncias para isso. Ao promover a reforma nas escolas e fornecer uniforme e material escolar a todos os alunos da rede estadual de ensino, estamos beneficiando todas as nossas estudantes e todas as mães e responsáveis pelos nossos mais de 500 mil alunos. 

Mas o que eu destacaria como a política mais importante, esta especificamente realizada para as mulheres, é a segurança e proteção das vítimas de violência.

A proteção contra agressões de toda natureza é a prioridade do governador Ronaldo Caiado em favor da mulher goiana?

GRACINHA CAIADO – Sem dúvidas. Não podemos nunca aceitar que uma pessoa seja constantemente violentada e tenha seu corpo violado dentro de sua própria casa, por entes de sua própria família, pelo simples fato de ser mulher. Devemos tomar isso como uma agressão a toda nossa sociedade. Toda mulher merece ter acesso a educação, saúde, a uma vida digna. Toda mulher merece ter a chance de viver sua vida como quiser, ter filhos, ou não, ter uma carreira, ou não. Mas ter a chance de sonhar e de ser feliz. E para isso, toda mulher precisa, primeiramente, de proteção e de segurança.

“As aparecidenses, em tempos difíceis como agora, merecem meus parabéns”

Aparecida registra uma grande queda nos índices de criminalidade, antes elevados, e especialmente quanto a ofensas contra mulheres. A sra. Tem uma mensagem especial para as mulheres aparecidenses?

GRACINHA CAIADO – Eu gosto sempre de dizer que o Dia da Mulher é uma data de reflexão. Hoje, nós mulheres ocupamos muitos lugares de destaque, de importância, e isso é motivo de orgulho. 

A luta pela igualdade é para que possamos, cada vez mais, mostrar que somos diferentes dos homens sim. Mas não em capacidade, inteligência, talento ou competência. Devemos abraçar nossas diferenças e mostrar ao mundo a contribuição que cada uma de nós pode dar para a nossa sociedade. 

Eu não sou goiana, sou baiana, mas tenho aprendido muito em todos esses anos que vivo em Goiás, com as mulheres goianas. Fortes, batalhadoras, engajadas, que amam sua terra e sua cultura, e que trabalham todos os dias pelo futuro de suas famílias. 

O meu principal recado para as mulheres de Aparecida de Goiânia e, por que não, de todo o Estado de Goiás, é dar meus parabéns a cada uma de vocês que têm superado barreiras nestes tempos difíceis que estamos vivendo. 

A pandemia do novo coronavírus também representa um encargo adicional para as mulheres mães de família?

GRACINHA CAIADO – No último ano, desde que a pandemia da Covid-19 chegou a Goiás, eu não pude deixar de notar o quanto, mas uma vez, as mulheres foram sobrecarregadas e, como sempre, não fugiram da responsabilidade. 

Mas não só em casa. As nossas profissionais de Saúde, de Segurança Pública e de Assistência Social que estão há um ano compondo a linha de frente do combate à pandemia.

A todas as professoras que se desdobraram para ensinar os alunos remotamente e nunca desistiram de nenhuma das nossas crianças e adolescentes. A todas as mães que se esforçaram para acompanhar os filhos que passaram a estudar em casa, e ainda conciliar com o trabalho e os afazeres domésticos.  A todas as empresárias que tiveram que reinventar seus negócios diante de toda essa crise. A todas as mulheres goianas que mostraram sua solidariedade e, de alguma forma, estenderam a mão ao próximo.

A todas vocês, meus parabéns e meu muito obrigada! Faço aqui o compromisso de ser sempre uma parceira e defensora de vocês. Contem comigo!

Foto: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Compartilhe este post: