Sexta, 07 de Maio de 2021
07 de Maio de 2021
Publicidade

Gustavo atropela Daniel nas ações do MDB para 2022

Helton Lenine 

O prefeito Gustavo Mendanha (foto) resolveu ir para o enfrentamento interno no MDB com Daniel Vilela e atropela o dirigente nas ações e conversas que visam alianças e definições para as eleições de 2022. Esse ambiente belicoso protagonizado por Mendanha e Daniel divide, mais uma vez, o partido em Goiás.

Prisão suspensa
A Justiça de Goiás suspendeu o pedido de prisão do ex-vereador de Goiânia Amarildo Pereira (pai do deputado estadual Delegado Humberto Teófilo).

Condenação
Amarildo Pereira foi condenado em outubro de 2020 pelo crime de peculato ao integrar um esquema que desviou R$ 7 milhões do INSS, entre novembro de 2001 e julho de 2014.

Foragido
No dia 27 de abril deste ano, a juíza Wanessa Rezende Fuso Brom, da 2ª Vara de Execução Penal de Goiânia, declarou Amarildo como foragido da Justiça.

Equívoco
A defesa do ex-vereador goianiense, em nota, disse que “houve um equívoco da juíza” ao determinar a prisão de Amarildo, uma vez que o STF havia reconhecido a ele o direito de comparecer à audiência em liberdade.

Em casa

O advogado de Amarildo acrescentou que o ex-vereador nunca esteve foragido, “pois está no mesmo endereço onde reside há anos”, agora fornecido ao cartório e no qual poderá ser encontrado por qualquer pessoa ou servidor da Justiça.

Sem antecipação
O Paço Municipal sinaliza ter posição contrária à antecipação da eleição para a mesa diretora da Câmara Municipal de Goiânia.

Reconhecimento
Devido a pressões da sociedade, o vereador Clécio Alves (MDB) apresentou projeto de lei que denomina o “Parque Ambiental Areião Washington Novaes, em Goiânia, em homenagem ao jornalista recém-falecido.

Sondagem
Aliados do governador Ronaldo Caiado (DEM) foram apurar o teor da conversa de Gustavo Mendanha com o seu colega prefeito Pábio Mossoró, de Valparaíso de Goiás, ambos do MDB. No radar, as eleições de 2022.

Na moita

Com ambições eleitorais para 2022, Mendanha recebe lideranças municipais em seu gabinete na Cidade Administrativa e, na semana passada, esteve em Luziânia para conversar com Mossoró e com o deputado federal Célio Silveira (PSDB).

Incerteza
O deputado federal Professor Alcides vai ter uma conversa com o presidente nacional do Progressistas, Ciro Nogueira, para definir se permanece ou não no partido, visando as eleições do ano que vem.

Convites
Professor Alcides já recebeu convites de vários partidos, entre eles MDB, PSD e PL.

Com Meirelles
Presidente estadual do PSD, Vilmar Rocha diz que seu partido respalda o projeto do goiano Henrique Meirelles, ex-ministro da Fazenda, de concorrer ao Senado nas eleições de 2022.

Iris pode rever aposentadoria e disputar vaga ao Senado
Iris Rezende (foto) poderá rever sua decisão de aposentadoria política, anunciada no final de 2020, e disputar vaga ao Senado, ano que vem, em aliança com o governador Ronaldo Caiado (DEM). Prefeitos e lideranças municipais emedebistas incentivam o ex-governador e ex-prefeito de Goiânia a voltar ao cenário político de Goiás.

RESUMO

Nilo Resende resiste aos apelos para requerer aposentadoria do cargo de conselheiro do TCM. Seu gesto poderia evitar a aprovação, na Alego, de PEC que extingue a Corte de Contas.

Secretário estadual de Indústria e Comércio, José Vitti vai disputar novamente cadeira à Assembleia Legislativa ano que vem, provavelmente pelo DEM.

O deputado federal Célio Silveira não decidiu se troca o PSDB pelo DEM para buscar a reeleição no pleito do ano que vem. Ele é representante da região do Entorno do Distrito Federal.

Prefeito de Campos Verdes e presidente eleito da Federação Goiana dos Municípios (FGM), Haroldo Naves (foto) se posiciona contrário à PEC que extingue o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e que tramita na Alego. “O TCM é um grande aliado das prefeituras, pois tem prestado um papel relevante ajudando as gestões.”

Compartilhe este post: