Sábado, 27 de Fevereiro de 2021
27 de Fevereiro de 2021

HDT e HMI discutem parceria para ampliar qualidade da assistência

Sob a orientação do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), de incentivo e apoio às parcerias entre suas unidades, as diretorias do Hospital Estadual Materno-Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI) e Instituto de Gestão e Humanização (IGH) e do Hospital Estadual de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad (HDT), gerido pelo Instituto Sócrates Guanaes (ISG). vem discutindo uma parceria. Objetivo é fortalecer ainda mais o trabalho da rede hospitalar pública estadual e ampliar a qualidade da assistência aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS),

O primeiro passo para a parceria ocorreu em agosto, quando os diretores do HMI/IGH fizeram uma visita ao HDT, para conhecer melhor a unidade e discutir com a diretoria a viabilidade de uma parceria. Referência em doenças infecciosas e dermatológicas, o HDT tem uma baixa ocupação em pediatria. Por outro lado, o HMI – referência em tratamento de média e alta complexidade – conta com demanda muito grande de pacientes pediátricos, muitas deles com o perfil do HDT.

Segundo a diretora regional do IGH, organização social gestora do HMI, Rita de Cássia, a contribuição entre as unidades visa reforçar o apoio conjunto e otimizar a assistência. “O HMI é uma referência em nosso Estado para os mais diversos atendimentos pediátricos. Rotineiramente, recebemos pacientes com doenças infecciosas e/ou dermatológicas. O apoio entre as unidades seguirá os processos de regulação do acesso vigentes. Isso desafoga o HDT, que poderá ter os leitos pediátricos ocupados e fortalecer sua residência médica, desafogando também o setor pediátrico do HMI. Com essa otimização na assistência, as unidades garantem um melhor atendimento à população”, salienta.

A diretora técnica do HDT, Vívian Furtado, celebrou os resultados obtidos na primeira reunião e reforçou que a unidade está pronta para apoiar nas demandas de leitos pediátricos. “O HDT possui um perfil muito específico de pacientes. Atendemos casos de doenças infecciosas e dermatológicas. Estamos prontos e engajados para receber pacientes pediátricos do HMI e auxiliar na oferta de leitos”, disse a diretora.

O diretor-geral do HDT, Bruno Almeida, reforçou a importância da ajuda mútua entre as unidades de saúde do Estado. “Fiquei muito satisfeito com os resultados obtidos na nossa reunião. As unidades de saúde públicas e privadas precisam fortalecer laços entre si e somar forças para o atendimento prestado ao povo goiano. Considero que evoluímos muito nesse quesito e que esse momento de pandemia exige que nos unamos ainda mais para prestar a melhor assistência possível a quem precisa”, complementou o diretor.

Compartilhe este post: