Sábado, 24 de Julho de 2021
24 de Julho de 2021
Publicidade

Homem é preso abusando de menina de 9 anos no Independência Mansões, em Aparecida

O acusado, de 59 anos, vai responder pelo crime de estupro de vulnerável. Tio da criança fez o flagrante e chamou a polícia

A Polícia Militar prendeu em flagrante Jaime Pedero da Silva, de 59 anos, pelo crime de estupro de vulnerável contra uma criança de 9 anos no Setor Independência Mansões, em Aparecida de Goiânia. No último dia 14, os policiais militares receberam um chamado de Edinaldo da Costa do Carmo Santiago, de 25 anos, tio da menina, que reside no mesmo lote, na casa dos fundos, com a esposa. Segundo ele, ao chegar em casa, percebeu que o vizinho, Jaime – estava com a boca na genitália de K.N.C.C. A mãe da menor tem problemas mentais e não tem condições de zelar pela integridade da criança e nem perceber uma situação como essa.
Ao Diário de Aparecida, o major Wanderley Alves Moura, assessor de comunicação social do 2° Comando Regional de Polícia Militar, disse que o tio da criança acredita que os abusos já vêm acontecendo há algum tempo. “Segundo a própria criança, não era a primeira vez. Tanto o tio quanto a tia da criança desconfiavam da generosidade do vizinho, que sempre deixava itens alimentícios na casa da criança ou dinheiro”, esclareceu o major.
A vítima passou por exames e foi encaminhada para um serviço de assistência psicológica, onde tenta-se amenizar os traumas provocados pelo abuso. O autor foi preso em flagrante. Agora ele passará por uma audiência de custódia, onde o juiz decide se ele responde ou não em liberdade ao processo. Se ficar preso, normalmente vai para uma ala especial, uma vez que estupradores são perseguidos dentro do sistema prisional.
Recomendações policiais
Major Moura fez questão de ressaltar que o abuso sexual infantil é muito mais comum do que se imagina e, no geral, a recomendação da polícia é para que as crianças não sejam deixadas sozinhas na companhia de estranhos, especialmente homens. “Mesmo no seio familiar, infelizmente, os abusos são muito frequentes e normalmente os molestadores pedófilos contam com a incapacidade das crianças em compreender o que realmente está acontecendo e relatar aos pais. É preciso sempre observar de perto e com desconfiança a relação das crianças com adultos excessivamente generosos”, alertou o PM.

Compartilhe este post: