Quinta, 05 de Agosto de 2021
05 de Agosto de 2021
Publicidade

Homem que agrediu a vítima com machado no setor Residencial JK I é preso

Mulher, que ficou gravemente ferida, foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência

Edna Barbosa 

A violência doméstica aconteceu no setor Residencial JK I, na capital goiana. No local, os policiais foram informados que a vítima havia sido transportada para o CAIS Cândida de Morais, pelo SAMU, para cuidar de seus ferimentos decorrentes da agressão sofrida. A equipe da viatura do Batalhão Maria da Penha/CPC, da Polícia Militar, compareceu ao Cais Cândida de Morais, no intuito de prestar apoio à vítima, bem como, apurar os fatos, por conseguinte, chegar até o autor a fim de realizar sua prisão em flagrante.

Após ouvirem outros vizinhos, a equipe foi informada que a vítima fora agredida durante toda a madrugada pelo companheiro. De acordo com informações do vizinho da vítima, o autor havia agredido a vítima utilizando um machado. 

Ao Diário de Aparecida, a tenente-coronel Michella Rodrigues Pires Bandeira, comandante do Batalhão Maria da Penha da Polícia Militar, ressaltou que, quando a equipe chegou no pronto-socorro, a vítima contou aos policiais que há muito tempo sofria agressões do companheiro. “Ela informou aos policiais que o agressor estava de posse dos documentos pessoais dela, cartão do banco e a senha. Depois das agressões, ele continuou na residência”, explicou. 

Momento da prisão

Os militares ainda intensificaram o patrulhamento nas imediações, quando avistaram o agressor que, ao visualizar a viatura, tentou empreender fuga em direção a uma mata. “Após cerca de 300 metros, o indivíduo foi contido e abordado, momento que o agressor esboçou resistência e desobediência, por isso, a equipe precisou fazer o uso seletivo da força para imobilizá-lo e colocar as algemas. Ele continua preso, foi autuado por lesão corporal na Lei Maria da Penha e está à disposição da justiça”, concluiu a TC Michella. 

O agressor ainda possui antecedentes pelos seguintes crimes: art.121 (tentativa de homicídio), 180 (receptação) e 157 (roubo), todos do Código Penal Brasileiro. Apesar da gravidade das lesões, a mulher já recebeu alta do hospital e o estado de saúde dela é estável. 

Compartilhe este post: