Goiás Online

Homenagens a Maguito se multiplicam em Goiás

Desde que Maguito Vilela (MDB/foto) morreu, em 13 de janeiro de 2021, por complicações da Covid-19, propostas de homenagens ao ex-prefeito e ex-governador têm sido apreciadas nas Casas Legislativas de Goiás. Ele é lembrado, principalmente, pelas gestões de Jataí, Aparecida de Goiânia e pelo governo de Goiás. Já são 13 projetos na Alego e Câmaras Municipais.

Aparecida
O prefeito Gustavo Mendanha (MDB) propôs e a Câmara Municipal de Aparecida aprovou a denominação de Luiz Alberto Maguito Vilela à Cidade Administrativa.

Aparecida II
Também em Aparecida, a vereadora Camila Rosa (PSD) propôs a criação do Diploma e Medalha Maguito Vilela. O projeto ainda não foi votado.

Jataí
Em Jataí, a Câmara aprovou o nome de Maguito Vilela ao aeroporto da cidade, iniciativa da vereadora Alessandra do Adote (MDB).

Alego
Por iniciativa do presidente Lissauer Vieira (PSB), a nova sede da Assembleia Legislativa, no Park Lozandes, vai se chamar Luiz Alberto Maguito Vilela.

Governo do Estado
O governador Ronaldo Caiado (DEM) homenageou Maguito Vilela com a denominação do nome do ex-governador ao Centro de Convenções de Aruanã.

Sem respaldo
Gustavo Mendanha não quer enxergar: a sua proposta de candidatura própria ao governo de Goiás não conta com o respaldo de 80% dos quadros do MDB.

Pouca gente
De expressão mesmo, Mendanha tem o apoio apenas do deputado estadual Paulo Cezar Martins e do ex-deputado federal Sandro Mabel.

Vai insistir
Mendanha deve comparecer à sede do diretório estadual do MDB, esta semana, para entregar carta ao presidente Daniel Vilela, defendendo nome próprio do partido à sucessão estadual.

Impacto
O convite de Ronaldo Caiado ao MDB para participar da chapa majoritária às eleições de 2022 pegou os principais líderes da base governista de surpresa.

Novos projetos
Com a presença do MDB na aliança, pretendentes aos cargos de vice-governador e de senador na chapa de Ronaldo Caiado terão que mudar os planos e, quem sabe, buscar outras candidaturas.

Muito cedo
Tem gente já pensando na sucessão estadual de 2026, eleição que vai acontecer daqui a cinco anos.

Com respaldo
O presidente da Assembleia, Lissauer Vieira (PSB), é fortíssimo candidato a ocupar a vaga de vice na chapa de Ronaldo Caiado. Na defesa de seu nome, pelo menos cinco “pesos pesados” do grupo caiadista.

Mariano quer porque quer a renúncia de Mendanha
De olho em dois anos e nove meses de mandato de prefeito de Aparecida de Goiânia, com possibilidade de reeleição para mais quatro anos, o vice Vilmar Mariano (MDB) é o principal interessado na renúncia de Gustavo Mendanha (MDB) ao cargo de chefe do Executivo municipal. Vai a todos os eventos no interior, ao lado do prefeito.

 

RESUMO

Ao ser perguntado sobre as críticas de Jair Bolsonaro aos governadores, o goiano Ronaldo Caiado pontuou claramente: “Não tenho que controlar a opinião de ninguém.”

Voto virtual na OAB é considerado um “retorno ao passado”, com donos de grandes escritórios em condições de coagir seus colaboradores a votarem nos candidatos dos chefes. O que é bem pouco democrático.

O pedido por eleições on-line, feito por um dos pré-candidatos da OAB-GO, foi negado pelo juiz federal Urbano Leal Berquó Neto. No despacho, o meritíssimo esclarece: “Pré-candidato não tem legitimidade para questionar regras eleitorais.”

Jair Bolsonaro é o presidente da República que mais visitou Goiás. Em dois anos e meio de governo, já esteve aqui por mais de 15 vezes. Na última visita (sexta-feira e sábado), fez questão de dormir em Goiânia, mesmo diante da proximidade de Brasília. Já é quase um goiano.

Você pode se interessar:

Comments are closed.