Domingo, 25 de Julho de 2021
25 de Julho de 2021
Publicidade

Hugol possibilita convívio diário de casal de pacientes por meio de visitas virtuais

Acreditando que a manutenção do elo afetivo entre familiares exerce papel fundamental durante o tratamento, o Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), unidade de saúde do Governo de Goiás, organizou para que um casal de pacientes, juntos há mais de 40 anos, internados em diferentes setores da unidade, continuem com contato diário por meio da visita virtual.

Tônia e Eli Barbosa sofreram queimaduras em um acidente doméstico produzindo sabão e foram encaminhados para o Centro de Referência em Assistência a Queimados do Hugol. Nos primeiros dias, ficaram juntos na UTI, mas, após a melhora de Tônia, ela teve alta para internação na ala de clínica, o que a deixou muito preocupada, pois nunca ficou muito tempo longe de seu marido durante todos os anos de casados. Ao saber da possibilidade dessa visita virtual, ela se sentiu aliviada e agradecida.

“Poder conversar com meu marido, mesmo através de chamada de vídeo, enche minha alma de alegria. Quando estou longe dele, sinto como se estivesse faltando algo em mim, mas, ao vê-lo, parece que ele está mais pertinho do meu coração. Isso me abre a vida e me dá novas razões para continuar forte durante o tratamento. Agradeço a toda equipe do hospital por nos proporcionar essa oportunidade”, relatou Tônia.

A psicóloga da unidade, Giselli Batista, explicou a importância do contato virtual e seus benefícios no tratamento: “Ver um sorriso, um brilho nos olhos, mesmo não estando perto fisicamente, traz um conforto para o coração. Quando fazemos uma videoconferência, conseguimos tranquilizar os familiares e aliviar os sentimentos de solidão e angústia do paciente, gerando um resultado positivo na saúde mental dele”.

Visita virtual
A visita virtual é realizada por meio de telechamadas. Psicólogos e terapeutas ocupacionais se alternam para ofertar esse recurso à maior quantidade de pacientes possível. A segurança do paciente também foi priorizada e os equipamentos são higienizados conforme protocolo definido junto ao Serviço de Controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde (SCIRAS) do Hugol.

Compartilhe este post: