Quarta, 28 de Julho de 2021
28 de Julho de 2021
Publicidade

Idoso é preso por abusar sexualmente da própria neta

Caso aconteceu na cidade de Piracanjuba. Além dela, o homem teria violentado também uma menina de 10 anos

Edna Barbosa 

Após denúncias de que um idoso de 71 anos estaria praticando abusos sexuais contra uma criança de apenas 9 anos de idade, a Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Piracanjuba, prendeu o homem no último dia 31, quarta-feira, pela prática de estupro de vulnerável contra sua própria neta e de uma amiga dela, de 10 anos. Após ser instaurado inquérito policial para apurar os fatos, as investigações apontaram que desde o ano passado a menor teria passado a residir com seus avós maternos, após a mãe, filha do autor, falecer em decorrência da Covid-19.

À frente do caso, o delegado de Polícia Civil da cidade de Piracanjuba Leylton Barros disse que, depois que a mãe da vítima morreu, o avô dela passou a cometer os abusos sexuais. “Não obstante, descobriu-se que o autor também violentou uma amiga de 10 anos de sua neta, quando ambas brincavam na casa do investigado”, informou o delegado.

O delegado informou ainda que as duas vítimas tinham medo de relatar os fatos. E por muito tempo não contaram nada a ninguém. Mas, de acordo com as investigações, ambas admitiram os abusos, narrando as circunstâncias do ocorrido. “O autor não possui antecedentes criminais, e durante seu interrogatório negou a prática dos delitos. O acusado, agora, está à disposição da Justiça e se condenado, poderá pegar até 15 anos de prisão, por cada abuso cometido”, finalizou. 

Compartilhe este post: