Quarta, 21 de Abril de 2021
21 de Abril de 2021
Publicidade

Inscrições da CNH Social podem ser feitas até pelo celular

Programa abriu mais 3 mil vagas para quem deseja obter, adicionar ou mudar a categoria da CNH de graça

O Governo de Goiás, por meio do Departamento Estadual de Trânsito, está com inscrições abertas ao programa CNH Social. São ofertadas 3 mil vagas para pessoas de baixa renda que desejam obter, mudar ou adicionar categoria à Carteira Nacional de Habilitação gratuitamente. Os interessados podem se inscrever, exclusivamente, pelo site www.detran.go.gov.br. O cadastro pode ser feito até pelo celular.

O programa tem quatro etapas: inscrição, classificação, efetivação da matrícula e o processo de habilitação. Para se candidatar a uma das vagas, basta acessar o site www.detran.go.gov.br, clicar na aba “CNH Social” e preencher o formulário com as informações solicitadas.

Os contemplados recebem isenção de taxas como inclusão no Renach, Licença de Aprendizagem de Direção Veicular, agendamento de prova teórica, agendamento de exame prático, exame médico e psicológico. A pessoa com deficiência classificada dentro do número de vagas também se abstém de pagar pela junta médica. Por meio de parcerias com os Centros de Formação de Condutores (CFCs), são oferecidos ainda o curso teórico de legislação de trânsito, as aulas práticas de direção e até três retestes gratuitos.

Em seis dias, o programa recebeu mais de 22 mil inscrições. A lista com os classificados dentro do número de vagas deve ser publicada no dia 23 de março, exclusivamente, no site do Detran-GO. É de responsabilidade do candidato prestar informações corretas na inscrição, bem como acompanhar as publicações para se inteirar do resultado.

Os convocados terão prazo de 15 dias para realizar a matrícula on-line e outros 15 dias para apresentar a documentação presencialmente, comprovando as informações fornecidas no ato da inscrição, e efetivar o Renach (Registro Nacional de Carteira de Habilitação).

Candidato deve ter CadÚnico ativo

O programa CNH Social é dividido em três modalidades: estudantil, rural e urbana. Na primeira, podem se candidatar jovens, de 18 a 25 anos, que tenham cursado e concluído o ensino médio na rede pública estadual de Goiás. Para essa modalidade, um dos critérios de desempate será a nota média apurada pela Secretaria de Educação do Estado de Goiás. Para todas as modalidades, é obrigatório que o postulante tenha inscrição ativa no Cadastro Único para programas sociais do governo federal (CadÚnico).

Nas modalidades urbana e rural, as vagas estão abertas para pessoas com idade igual ou superior a 18 anos, com CadÚnico ativo, que saibam ler e escrever. Caso deseje pleitear vaga de mudança ou adição de categoria, os candidatos não podem ter praticado, nos últimos 12 meses que antecedem à inscrição, infração de trânsito de natureza gravíssima, grave ou ser reincidente em média.


Fonte: Comunicação Setorial do Detran – Governo de Goiás

Compartilhe este post: