Quarta, 21 de Abril de 2021
21 de Abril de 2021
Publicidade

INTEGRAÇÃO: PC E PM RECUPERAM CARGA DE MILHO FURTADA AVALIADA EM R$ 250 MIL

Mercadoria foi subtraída em Vianópolis, no ano passado. Uma pessoa foi presa em flagrante por receptação e associação criminosa.

Uma ação integrada entre a Polícia Civil e a Polícia Militar recuperou em Rio Verde, na região Sudoeste do Estado, uma carga de milho que havia sido furtada, avaliada em R$ 250.000,00. O crime aconteceu em dezembro de 2020, no município de Vianópolis. A apreensão ocorreu após a prisão de um indivíduo suspeito de mediar a venda da mercadoria para receptadores, na última sexta-feira (19/02).

As investigações começaram depois que a vítima registrou a denúncia. Com isso, foi iniciada uma ação conjunta entre o Batalhão Rural da PM e a Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos a Cargas (Decar). Após a troca de informações entre as corporações, os policiais conseguiram chegar à carga, que estava armazenada em uma propriedade rural de Rio Verde.

A hipótese inicial era de que a carga havia sido roubada. Contudo, no decorrer da apuração, as equipes descobriram a participação do condutor do caminhão, que efetuou o transporte da carga. “Passamos a fazer diligências preliminares, no sentido de determinar quais seriam os autores do roubo. Tivemos o êxito de desvelar que se tratava não de roubo, mas de furto, mediante fraude com a participação direta do motorista”, informou o delegado Alexandre Bruno de Barros, titular da especializada.

A investigação identificou a existência de uma organização criminosa, especializada nesse tipo de furto. O suspeito detido durante a ação intermediava a venda das sementes, já que os grãos eram modificados geneticamente e feitos por encomenda pelo produtor, tornando difícil a comercialização. A mercadoria, que possui preço de mercado a R$ 600,00 por saca, estava sendo oferecida pelo indivíduo por apenas R$ 200,00.

O suspeito deve responder pelos crimes de associação criminosa e receptação. O inquérito policial vai continuar a fim de prender o motorista e os demais indivíduos que participavam do esquema. “As investigações prosseguem no sentido de neutralizar a ação de todos os membros da organização”, afirmou. Todo o material apreendido foi restituído aos proprietários originais.

Fonte: Comunicação Setorial – Secretaria de Segurança Pública

Compartilhe este post: