D2Goiás

Itaberaí e Jaraguá: Caiado entrega primeiros cartões do Mães de Goiás

O governador Ronaldo Caiado e a coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS) e presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), primeira-dama Gracinha Caiado, realizaram, nesta quinta-feira (09/09), a entrega dos primeiros cartões do Programa Mães de Goiás. Famílias residentes nos municípios de Itaberaí, no Noroeste goiano, e Jaraguá, no Centro do Estado, abriram o cronograma de inclusão no benefício.

Até o final de setembro, 40 municípios serão contemplados com a distribuição de 11.762 cartões. O investimento do Governo de Goiás nesta primeira etapa é de R$ 3 milhões. Também foram entregues 521 Chromebooks nas duas localidades.

As primeiras entregas dos cartões contemplaram 1.023 famílias em Itaberaí e 1.336 em Jaraguá. “É uma emoção enorme ver tantas mães aqui presentes para receber aquilo que é obrigação do Estado: dar qualidade de vida às suas crianças e dignidade à nossa população”, afirmou Caiado.

O Programa Mães de Goiás institui auxílio financeiro no valor de R$ 250 por mês e atenderá, em todo o Estado, 100 mil mães que tenham filhos de até seis anos de idade. O investimento total é de R$ 219 milhões, viabilizados pelo Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege Goiás). As famílias contempladas serão atendidas por meio de um calendário progressivo, que incluirá todos os beneficiários em até 10 meses.

O governador salientou que o programa “não é um projeto de slogan” e se ancora em base científica. Ressaltou ainda a importância da nutrição nesta faixa etária. “É exatamente do dia do nascimento até os seis anos de idade que a criança precisa de ter uma alimentação adequada, ou não terá um desenvolvimento cognitivo como das outras que foram bem alimentadas”, justificou.

“Como mãe, posso dizer que mães são corajosas, protetoras e sempre colocam os filhos em primeiro lugar. Por isso, acredito que cuidar de vocês é cuidar de nosso futuro, do futuro de Goiás e de toda nossa sociedade”, afirmou Gracinha. “É trabalho nosso garantir o direito que vocês têm. Ronaldo Caiado governa para cuidar de pessoas, de vidas e para criar oportunidades. Para que as ações do governo cheguem a todos, especialmente aos que mais precisam. Para que a vida de todos possa melhorar”, arrematou a primeira-dama.

Em Itaberaí, Ana Paula de Jesus, Selma dos Santos, Claudiane do Nascimento de Souza, Pamela Diane Silva de Sousa, Selma Raimundo de Oliveira e Stefany Lorraine Pereira de Assis foram algumas das beneficiadas que receberam os cartões das mãos de Caiado e Gracinha. “Vai ser maravilhoso, é mais uma ajuda e mais alimento dentro de casa”, disse Claudiane, mãe de dois filhos. “Só meu esposo trabalha e vai ser uma ajuda bem-vinda”, afirmou Selma, com quatro crianças em casa. Gustavo Alves e Sara Vitória foram os estudantes que representaram os 40 alunos do Cepi Honestino Monteiro Guimarães, em Itaberaí, agraciados com os Chomebooks.

Gestão com parcerias
Tanto Caiado quanto Gracinha fizeram questão de reconhecer o apoio que o Governo de Estado recebe dos demais Poderes e entes administrativos na execução de ações sociais. “Ninguém é dono da verdade. Transformarei o Estado se todos alavancarem em um único sentido”, frisou o governador.

“Sozinhos, um governador e uma primeira-dama não conseguem chegar a ninguém”, ponderou Gracinha. Neste sentido, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), deputado estadual Lissauer Vieira complementou: “Se não fosse o esforço conjunto do governador, Poder Legislativo e Congresso Nacional, por intermédio dos nossos deputados federais e senadores, não estaríamos neste dia entregando esse benefício”.

“Isso emociona, pois o benefício está chegando à mão de quem precisa”, afirmou a prefeita de Itaberaí, Rita de Cássia, que acrescentou: “Essas mães que aqui estão são a razão do nosso trabalho, porque representam também a mulher guerreira. Nossa cidade e o Governo de Goiás estão aqui para abraçá-las”. Além de receber os cartões em mãos, as beneficiárias contam com suporte das equipes do Governo do Estado para desbloquear e utilizar o aplicativo desenvolvido para o programa.

A ação pioneira garante distribuição de renda e busca promover segurança alimentar, fomentar renda, oferecer melhor qualidade de vida e assegurar a permanência dos filhos na escola. “É um projeto fenomenal, que dá dignidade às famílias”, pontuou o deputado federal Delegado Waldir, que também reconheceu os avanços na segurança pública em Itaberaí e a distribuição de uniformes e Chromebooks aos alunos da rede estadual de ensino. “Isso não tem em nenhum Estado do país. É dinheiro público investido no cidadão”, frisou o parlamentar.

O deputado estadual Rafael Gouveia exaltou Gracinha, “grande mulher que tem transformado o social de Goiás e feito com que, de fato, as pessoas mais carentes sejam alcançadas”. Ele destacou que o programa “Mães de Goiás”, a exemplo de outros, possui critérios sociais transparentes e sérios. “Tenho certeza que os 246 municípios, que vão receber esse benefício, ficarão muito gratos”, adicionou o presidente da Associação Goiana dos Municípios (AGM) e prefeito de Goianira, Carlão da Fox.

O ex-prefeito Wellington Baiano diz que, hoje, Itaberaí e região veem o “trabalho exemplar” feito pelo governador, a quem saudou pela escolha do município para início da entrega dos cartões do Mães de Goiás. “Isso nos deixa envaidecidos e com a certeza de que nossa sociedade será muito bem conduzida e que muitos outros benefícios chegarão a toda nossa Itaberaí e região.” O presidente da Câmara Municipal de Itaberaí, João Pereira Filho, o Pereirinha, disse: “Muito obrigado por atender as mães da cidade a que amo”.

Jaraguá
Após Itaberaí, a entrega foi realizada em Jaraguá. “Hoje tem que fazer barulho sim, porque colocamos aqui cerca 1.300 mães com dignidade, para receber o seu cartão e sair do estado de vulnerabilidade”, celebrou o prefeito Paulo Vítor, que completou: “o dinheiro já está na conta, para vocês gastarem amanhã”.

O gestor enumerou uma série de outras ações destinadas ao seu município, num período de sete meses, como o recapeamento da GO-427 no perímetro urbano, ampliação e reforma das escolas estaduais, restauração da Igreja da Conceição, destinação de R$ 150 mil para reforma do palco das Cavalhadas, Carreta da Mulher e a abertura de 10 leitos de UTI no Hospital Estadual de Jaraguá Dr. Sandino de Amorim (Heja). “Nunca houve na história um governo que tratou uma cidade como está tratando Jaraguá, com tantos recursos e obras que estão para acontecer”, reconheceu.

No município também foram entregues 481 Chromebooks e um par de óculos, com tecnologia israelense, destinado a pessoas com deficiência visual. “Nasci sem enxergar, mas sei fazer de tudo. Quero agradecer ao governador e dona Gracinha, pelo que estão fazendo por nós e pela educação inclusiva”, agradeceu Samuel Idelfonso, 17 anos, aluno do Centro de Ensino em Período Integral São José.

“Esses óculos são umas das ferramentas mais sofisticadas para promover a inclusão destes jovens e facilitar seu dia a dia. Damos a todas as crianças a condição de superar suas dificuldades para terem vitória e sucesso na vida”, pontuou Caiado.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Social (Seds), Wellington Matos, destacou que o “Mães de Goiás” é resultado direto de uma política de Estado, “de um governo que pensa nas pessoas e cuida do cidadão, sem direcionamentos e com critérios objetivos”. Saudou Gracinha, a quem considerou “a verdadeira mãe do Programa Mães de Goiás” e lembrou que o benefício não impossibilita o recebimento de outros.

O titular da Seds ainda alertou para o risco das “fake news” e afirmou que nenhum desconto será feito ao valor repassado às mães. “Não vamos permitir que pessoas mal-intencionadas, que querem tumultuar o projeto, fiquem em grupos de WhatsApp espalhando desinformação”, afirmou.

Representante da bancada goiana no Congresso Nacional, o deputado federal José Nelto disse que Caiado é um exemplo para todo o Brasil. “Correto, trabalhador e que se preocupou com aquilo que falamos em Brasília: vacina no braço e comida no prato”, destacou.

“Em todos os municípios goianos, ouvimos a mesma palavra: é um governador que trabalha com respeito à administração e à comunidade, independente do conceito de qual partido é ou foi”, salientou o ex-prefeito de Jaraguá e atual presidente da Centrais de Abastecimento de Goiás S.A (Ceasa), Lineu Olímpio.

Transferência de renda
Lançado em 9 de agosto deste ano, o Programa Mães de Goiás institui auxílio financeiro no valor de R$ 250 por mês e atenderá, em todo o Estado, 100 mil mães que tenham filhos de até seis anos de idade. O investimento é de R$ 219 milhões, viabilizados pelo Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege Goiás). A ação concederá o benefício progressivamente e, a cada mês, prevê a inclusão de cerca de 10 mil famílias. O Programa segue critérios da base de dados do Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico).

Os municípios que serão atendidos em setembro são: Alvorada do Norte; Amaralina; Americano do Brasil; Anhanguera; Anicuns; Aragarças; Araguapaz; Aruanã; Bom Jardim de Goiás; Bonópolis; Buritinópolis; Caçu; Cavalcante; Colinas do Sul; Divinópolis de Goiás; Edéia; Fazenda Nova; Flores de Goiás; Itaberaí; Jaraguá; Joviânia; Matrinchã; Monte Alegre de Goiás; Montividiu do Norte; Morro Agudo de Goiás; Mozarlândia; Nova América; Nova Aurora; Nova Crixás; Paraúna; Santa Terezinha de Goiás; São João da Paraúna; São Luís de Montes Belos; São Miguel do Araguaia; São Miguel do Passa Quatro; Simolândia; Sítio D’Abadia; Teresina de Goiás; Urutaí e Vila Propício.

R$ 1 bilhão
As ações do Governo de Goiás para promover proteção social somam mais de R$ 1 bilhão em investimentos na gestão atual. As iniciativas já consolidadas representam mais de R$ 364 milhões.

O trabalho coordenado pelo governo goiano garantiu distribuição de 130 mil cobertores, 750 mil cestas básicas e aquisição, em processo, de mais 250 mil kits de alimentos, segurança alimentar para 530 mil estudantes, 100 mil famílias contempladas pelo programa Mães de Goiás, 10 mil bolsas concedidas pelo Universitário do Bem (ProBem) e 5 mil vagas para o Aprendiz do Futuro.

O Governo do Estado destinou ainda R$ 830 milhões para novas iniciativas, como reforma e construção de casas sem custo ou parcela de financiamento para os moradores. Além de repassar R$ 20 milhões do Crédito Social para reinserção das famílias em uma atividade econômica, com a transferência de recursos para início de pequenos negócios.

Você pode se interessar:

Comments are closed.

Mais em:D2