D6Goiás

Lissauer e Caiado levam 64 prefeitos a encontro municipalista em Rio Verde

O grande encontro municipalista promovido pelo presidente da Assembleia, Lissauer Vieira, no último sábado, 7, em Rio Verde, foi um sucesso: 64 prefeitos, dos mais variados partidos, marcaram presença, aproveitando a oportunidade para discutir projetos e programas para as suas regiões com o governador Ronaldo Caiado (DEM) – convidado especial de Lissauer.

Realizado no período da manhã no Parque de Exposições de Rio Verde, o evento contou ainda com representantes de todos os cantos do Estado e não só do Sudoeste Goiano, além de deputados e líderes de entidades. Realizado em parceria com a Associação Goiana dos Municípios (AGM), o encontro deu também continuidade a uma agenda de Caiado que tem buscado a aproximação entre as lideranças políticas e os gestores municipais pelo Estado afora.

Além de ouvir demandas e sugestões, o governador aproveitou para mostrar projetos e iniciativas da sua gestão, reforçando as parcerias administrativas – sem distinção de posições partidárias – para aprofundar “uma gestão municipalista, que tenha no cidadão seu maior compromisso”.

“Sempre foi nossa meta uma aliança direta com todos os municípios”, disse Caiado. “Governabilidade é de mão dupla. Não se governa sem esse trâmite direto com os prefeitos e vereadores”, salientou. O governador lembrou que as demandas são muitas, mas todos têm noção do compromisso fiscal assumido pelo Estado, para vencer a bagunça financeira herdada dos governos anteriores. “Não trabalhamos com demagogia. Só autorizamos aquilo que temos orçamento”, pontuou.

Caiado destacou o apoio do presidente da Assembleia, que tem garantido mudanças na legislação que permitem ao Estado avançar. Essa ação conjunta, aliada à lisura nas atividades de governo, é, na avaliação do governador, a razão pela qual a gestão tem sido bem avaliada pela opinião pública. “Já são dois anos e meio, e não há qualquer escândalo.

As pessoas veem o respeito para com os recursos públicos. O cidadão tem consciência de que o dinheiro pago na forma de impostos é retornado em melhorias”, afirmou.

O governador também citou a boa condução das pastas por parte de seus auxiliares, “técnicos qualificados, à altura do Estado de Goiás, para fazer com que as secretarias funcionem, não para projeto político pessoal, mas para a melhoria da qualidade de vida das pessoas”. Segundo ele, “plantamos melhorias no Estado inteiro. As pessoas estão vendo um Estado bem gerido e sentem a diferença”.

“Este governo tem boas intenções e quer fazer o melhor para Goiás”

Ao explicar os objetivos do encontro municipalista de Rio Verde, o presidente da Assembleia, Lissauer Vieira, esclareceu que o objetivo foi contribuir para a discussão de pautas importantes relacionadas à superação da crise econômica provocada pela pandemia nos municípios goianos.

“Eu acho que o momento é de discutir as prioridades do Estado. Mas essa discussão não existe se não houver a participação dos municípios. É lá que estão os problemas e dificuldades. O intuito do governador é receber e conversar. Ele já conhece a realidade, tanto que está fazendo investimentos, mas é sempre bom estar próximo com os parceiros prefeitos”, ressaltou Lissauer.

O deputado lembrou que o governador Ronaldo Caiado tem priorizado agendas junto a prefeitos goianos. Inaugurações e eventos ligados ao governo do Estado são usados como oportunidade para esses encontros, que devem se intensificar daqui para a frente. “A meta do governo sempre foi fazer uma parceria direta com todos os municípios. Não existe governabilidade que não seja canal direto e interlocução direta com todos os prefeitos e prefeitas do Estado”, detalhou.

Ele elogiou a conduta republicana no trato com a coisa pública por parte de Caiado e por sempre consultar os Poderes em todas as decisões, o que trouxe mudanças significativas. “Caiado pegou a estrutura financeira do Estado em situação preocupante. Hoje é momento de colheita”, destacou o deputado.

“Goiás já é o primeiro Estado do País a renegociar suas dívidas, equilibrando suas finanças”, enfatizou Lissauer Vieira. “Há obras estruturantes nos quatro cantos, investimentos fortes na educação e na regionalização da saúde.

Tudo isso se deve a uma gestão comprometida, de um governador que pretende ver este Estado cada vez melhor”, afirmou. “Lá na Assembleia, trabalhamos para dar governabilidade e sustentação a este governo, que tem intenções boas”, acentuou o presidente da Alego.

Lissauer e Caiado, em seus discursos, convergiram em um ponto: a reunião com os prefeitos em Rio Verde foi uma oportunidade ímpar, por reunir tantos gestores (compareceram 64) em um único lugar para debater as demandas municipais. “As demandas e ações do governo foram discutidas. Falamos das contrapartidas do Estado e dos municípios, principalmente na questão da recuperação das rodovias e na área social. Enfim, todos os projetos que já estão tabulados, mas que precisamos ampliar e acelerar”, concluiu o presidente da Assembleia.

Você pode se interessar:

Comments are closed.

Mais em:D6